Edifício no Alto do Carvalhão, n.º 5

IPA.00026242
Portugal, Lisboa, Lisboa, Campolide
 
Edifício residencial multifamiliar e comercial.
Número IPA Antigo: PT031106101325
 
Registo visualizado 1168 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial multifamiliar  Edifício  Edifício residencial e comercial  

Descrição

Edifício de planta rectangular de volumetria paralelepipédica e composto por 2 fogos por piso. Organizado em 3 fachadas sendo a principal orientadaa O. Esta encontra-se dividida em 2 panos simétricos a partir do 2º piso tendo no 1º, revestido a embasamento de pedra, porta dupla recuada ao centro e com 4 vãos de grandes dimensões (de uso comercial) a ladear. Os panos são formados com varandas ao centro emolduradas com friso avançado. As varandas servem 2 janelas de sacada recuadas em relação à fachada. Nos extremos um vão de janela de peitoril por piso. A revestir a fachada, reboco cor de rosa. Fachada N.: pequenos vãos por piso servindo de ilumação natural do interior. Fachada posterior: escadas de serviço ao centro e marcada por marquises de vidro servindo a zona de serviço dos fogos. INTERIOR: vestíbulo rectangular com pequena escadaria de acesso ao patamar de elevador. 2 fogos por piso com zonade serviços a tardoz e salas a O..

Acessos

Alto do Carvalhão, n.º 5. WGS84 (graus decimais) lat.: 38,724174, long.: -9,165831

Protecção

Incluído na Zona Especial de Protecção do Aqueduto das Águas Livres - Troço de Campolide (v. IPA.00006516) e na Zona de Protecção do Aqueduto das Águas Livres (v. IPA.00006811)

Enquadramento

Urbano, flanqueado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: edifício residencial e comercial

Utilização Actual

Residencial: edifício residencial e comercial

Propriedade

Privada

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: João Guilherme Faria da Costa.

Cronologia

1954 - propriedade de Diamantino Tojal.

Dados Técnicos

Materiais

Betão armado, madeira, alumínio, mosaico hidraulico, estuque.

Bibliografia

ACCIAIUOLLI, Margarida, Os anos 40 em Portugal, o País, o Regime e as Artes, Celebração e Restauração, Doutoramento, UNL, 1991; CML, A urbanização de Lisboa, o sítio de Alvalade, Ed. CML. Lisboa, 1948; COSTA, J. P., Bairro de Alvalade: considerações sobre o Urbanismo habitacional, tese de Mestrado, FAUTL, 1997; JANARRA, Pedro, A política urbanística e da Habitação social no Estado Novo:o caso do Bairro de Alvalade de Lisboa- entre o projecto e o concretizado, Mestrado, ISCTE, 1994; FERNANDES, José Manuel, Jornal Expresso, 22 Abril 2006, Lisboa; FERREIRA, Vítor Matias, Uma nova ordem urbana para a Capital do Império, 1938-1948 in O Estado Novo, das origens ao fim da autarcia, 1926-1951, Edições Fragmentos; Lisboa, 1988; LOBATO, Luís Guimarães, A experiência de Alvalade" in Revista Técnica, revista de engenharia dos alunos do IST, Lisboa, 209-210, Fevereiro-Março 1951

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/Arquivo Pessoal de João Guilherme Faria da Costa NP23 Pt86

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/Arquivo Pessoal de João Guilherme Faria da Costa NP23 Pt86

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO

Autor e Data

Luísa Castro-Caldas 2007

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login