Edifício na Rua de São João de Brito, n.º 5 a 5A

IPA.00025552
Portugal, Lisboa, Lisboa, Alvalade
 
Moradia multifamiliar de 3 pisos independentes
Número IPA Antigo: PT031106421226
 
Registo visualizado 1094 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial multifamiliar  Casa  Moradia / Vivenda  

Descrição

Edifício composto por 4 fachadas ocupado por 3 fogos independentes com acessos autónomos. Fachadas revestidas a cantaria de pedra em parilhada e coordenada com zona pintada a reboco branco. Cobertura a telhado de 4 águas com cornija destacada a percorrer todas a s fachadas. Fachada N: composta por 2 pisos com 2 acessos sendo o do piso inferior, ao centro e protegido por pala de betão com gradeamento. A ladear, à esq., início de varanda que se prolonga na fachada E. Sobre este acesso, rompimento de vão vertical com painel de vidro permitindo a iluminação directa do interior. À dir., conjugada com a fachada O. caixa de escadas saliente protegida por pala de betão dando acesso ao interior. Este conjunto ocupa largamente o 1º piso da fachada O. que tem ao nível do 2º piso, 3 vãos de janelas, os dos extremos de menores dimensões e o central servido por varanda. Fachada E: 1º piso com acesso no extremo direito destacado da fachada. Pano esq. da fachada cego e restantee composto por conjunto de janelas duplas em todos os pisos sendo as do 2º e 4º pisos servidas por varandas. Fachada S: varandas em todos os pisos à excepção do 1º com vãos de peitoril.

Acessos

Rua de São João de Brito, n.º 5 a 5A

Protecção

Enquadramento

Urbano, isolado. Integra conjunto de moradias multifamiliares que rodeiam a Zona envolvente da Igreja S. João de Brito.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Residencial: casa

Propriedade

Privada

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: João Guilherme Faria da Costa, David Lopes; ENGENHEIRO: Nuno Leitão Abrantes (estabilidade), Pedro Appleton (estrutura)

Cronologia

1957- data do projecto encomendado por José e António Madeira Serôdio após compra do terreno em hasta pública; 1958- alteração ao projecto original tornando a zona da cave em espaço comum; 1965- propriedade de Maria Isabel Contreiras

Dados Técnicos

Estrutura autoportante

Materiais

Betão armado, pedra tipo "azulino de Cascais; alvenaria de tijolo; taco de pinho; mosaico hidraulico; azulejo; mármore; madeira e vidro

Bibliografia

ACCIAIUOLLI, Margarida, Os anos 40 em Portugal, o País, o Regime e as Artes, Celebração e Restauração, Doutoramento, UNL, 1991; CML, A urbanização de Lisboa, o sítio de Alvalade, Ed. CML. Lisboa, 1948; COSTA, J. P., Bairro de Alvalade: considerações sobre o Urbanismo habitacional, tese de Mestrado, FAUTL, 1997; JANARRA, Pedro, A política urbanística e da Habitação social no Estado Novo:o caso do Bairro de Alvalade de Lisboa- entre o projecto e o concretizado, Mestrado, ISCTE, 1994; FERNANDES, José Manuel, Jornal Expresso, 22 Abril 2006, Lisboa; FERREIRA, Vítor Matias, Uma nova ordem urbana para a Capital do Império, 1938-1948 in O Estado Novo, das origens ao fim da autarcia, 1926-1951, Edições Fragmentos; Lisboa, 1988; LOBATO, Luís Guimarães, A experiência de Alvalade in Revista Técnica, revista de engenharia dos alunos do IST, Lisboa, 209-210, Fevereiro-Março 1951

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/Arquivo Pessoal de João Guilherme Faria da Costa NP12 Pt40; CML: Arquivo Municipal: Processo de obra

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/Arquivo Pessoal de João Guilherme Faria da Costa NP12 Pt40; CML: Arquivo Municipal: Processo de obra

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Luísa Castro-Caldas 2007

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login