Mosteiro de São Torcato / Igreja Paroquial de São Torcato

IPA.00000760
Portugal, Braga, Guimarães, São Torcato
 
Arquitectura religiosa, românica. Capela românica rectangular com portal de arco quebrado e longa fiada de arcaturas lombardas ao longo da cornija lateral da igreja. Tecto em abóbada de canhão na capela contígua à capela-mor executado em granito. A Capela de S. Torcato resulta da sobreposição clara de duas estruturas, uma capela românica e uma Igreja do Séc. 19. Esta última integra a capela adossando o espaço da nave.
Número IPA Antigo: PT010308650017
 
Registo visualizado 1742 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Convento / Mosteiro  Mosteiro masculino  Ordem dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho

Descrição

Planta retangular composta de nave e capela-mor, tendo adossado à fachada lesquerda capela lateral e anexo e à direita torre sineira quadrangular e sacristia. Volumes articulados com coberturas diferenciadas em telhados de duas águas. A capela lateral à Igreja, profundamente descaracterizada pelas obras do início do século passado. Da construção mais antiga, românica, subsiste um portal e uma longa fiada de arcaturas na cabeceira da Capela-mor, lado N. e S.. Capela-mor de planta rectangular iluminada por frestas e cobertura em telhado de duas águas. Encontra-se neste espaço ( capela-mor ) um altar tipo renascença do séc. 17. Nas paredes pinturas do séc. 16, representando S. Torcato e Sant'Iago. A Capela de S. Torcato insere-se num espaço anexo à capela-mor e abriga o seu túmulo apresentando-se revestida a azulejos tipo tapete. Esta capela apresenta-se coberta por uma abóbada de berço. A separar este espaço uma grade de ferro.

Acessos

São Torcato, Lugar do Mosteiro; Rua do Assento; Rua Cónego Baltasar de Meira

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto nº 8 228, DG, 1.ª série, n.º 133 de 04 julho 1922 (Capela de São Torcato)

Enquadramento

Rural. Adossado à Igreja Paroquial, ligada à nave desta por um arco. A capela ergue-se numa plataforma elevada, recentemente ajardinada. Localiza-se nas proximidades do santuário construído no séc. 18 / 19.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: mosteiro masculino

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Época Construção

Séc. 11 / 12

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 11 - D. Rodrigo Fojaz funda um mosteiro beneditino; Séc. 12 - Fez parte de convento Beneditino que no séc. 13 passou para os Cónegos Regulares de S. Agostinho; séc. 17 - azulejos de padrão; 1941 - Nomeação de um guarda.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Cobertura em telha "aba e canudo"de barro; Paredes exteriores em alvenaria de granito aparente do lado exterior e interior; Na capela do altar-mor um friso decorado em calcário; Arco geminado e ajimez em calcário; Caixilharias de madeira; Colunas em mármore no espaço envolvente e inseridas em muros exteriores de granito.

Bibliografia

GUIMARÃES, Oliveira ( Abade de Tagilde ), Couto de S.Torcado, Rev. Guimarães, Guimarães, 1906; FEIO, Alberto, S. Torquato de Guimarães. Restos duma igreja mozárabe, Correio do Minho, Braga, 1930; FEIO, Alberto, A Arte da Alta-Idade Média no Distrito de Braga, Bracara Augusta, Braga, 1954; ALMEIDA, Fernando de, Arte Visigótica em Portugal, Lisboa, 1962; ALVES, José Maria Gomes, Apontamentos para a História do Concelho de Guimarães. Manuscritos do Abade de Tagilde ( Notas e Comentários ), Revista Guimarães, Guimarães, 1991; AZEVEDO, António de, O pintor de S. Torcato, Guimarães; Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, vol. 27; Guia de Portugal, vol. 4, II, Minho; IPPAR, Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, vol. I, Lisboa, 1993.

Documentação Gráfica

DGPC: DGEMN:DSID

Documentação Fotográfica

DGPC: DGEMN:DSID

Documentação Administrativa

DGPC: DGEMN:DSID

Intervenção Realizada

DGEMN: 1942 - Projecto e orçamento de obras para a conclusão da Igreja; 1945 - verificação do mau estado do telhado da Igreja; 1947 - obras de conservação e restauro; 1978 - reparação da cobertura; 1979 - conclusão da reparação da cobertura, incluindo fornecimento de telha; 1980 - diversos trabalhos de conservação; assentamento de porta e vitrais; 1981 - trabalhos de conservação; 1985 - limpeza dos rebocos; 1985 - substituição do pavimento.

Observações

Autor e Data

Isabel Sereno 1993

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login