Ermida de Nossa Senhora da Penha / Capela de Nossa Senhora da Penha

IPA.00007358
Portugal, Portalegre, Castelo de Vide, São João Baptista
 
Arquitetura religiosa, renascentista, barroca e vernácula. Capela paroquial de nave trapezoidal articulada com capela-mor circular e sacristia rectangular, formando planta em L. No interior abóbada de berço sobre a nave e cúpula na capela-mor, esta totalmente revestida de azulejos de padrão azuis, amarelos e brancos, seiscentistas; arco triunfal de volta perfeita assente sobre pilastras lisas, renascentista. Retábulo de alvenaria, de planta reentrante, com frontão contracurvado e camarim, barroco.
Número IPA Antigo: PT041205020040
 
Registo visualizado 670 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta em "L" invertido, composta por capela-mor circular articulando a nave trapezoidal e a sacristia rectângular. Volumes articulados, massas dispostas na horizontal. Cobertura em telhado de duas águas na nave e sacristia e domo telhado na capela-mor. Fachada principal orientada, de pano único com remate em empena, em cornija e beirado saliente, e embasamento e cunhais pintados; portal central de verga curva e molduras de granito gravadas; à esquerda janela rectangular gradeada com molduras pintadas; sobre o portal óculo quadrilobolado e pequeno painel de azulejo azul e branco representando a Senhora da Penha; cruz em granito, de braços lobulados, coroando o vértice da empena. Fachadas laterais com o corpo da nave reentrante relativamente á fachada principal, com remates rectos em beirado. Fachada lateral S. articulando em ângulo os corpos da nave e sacristia, ambos cegos. Fachada N. de 3 corpos articulados ao centro pelo volume semicircular da capela-mor; alçado da nave cego, com banco adossado, de alvenaria rebocada e caida capeado a tijoleira; restantes alçados rasgados por janela rectangular com molduras de cantaria. Fachada posterior cega com remate em empena e beirado, com porta entaipada ao centro. Alçados de alvenaria rebocada e caiada tendo na fachada principal os cunhais, cornija, embasamento e molduras pintados a amarelo. INTERIOR: nave com cobertura em abóbada de berço sobre sanca e pavimento de tijoleira de fabrico tradicional; rodapé envolvente de azulejos azuis e brancos formando motivo de losangos em xadrez; alçados latearis caiados, cegos, excepto do lado do Evangelho onde se rasga ao centro pequena fersta rectangular, disposta na horizontal; deste mesmo lado o rodapé de azulejos é interrompido por afloramento rochoso; do lado da Epístola pia da água benta pétrea e nicho quadrangular inserido na parede. Arco triunfal de volta perfeita assente sobre pilastras lisas, fechado por portão de ferro forjado. Capela-mor circular sobrelevada, com acesso por degrau; cobertura em cúpula sobre sanca e pavimento de tijoleira; é totalmente revestida, ao nível dos alçados e da cúpula, por azulejos de padrão azuis e amarelos; com cercaduras ao nível do rodapé e da sanca e definindo 4 tramos na cúpula; do lado da Epístola rasga-se janela e do lado do Evangelho porta para a sacristia à qual se acede subindo dois degraus; retábulo-mor em alvenaria pintado em tons de rosa, amarelo, branco e cinza claro; é de planta côncava, com nicho central, enquadrado por duas colunas coríntias ente pilastras suportando entablamento; ático de volutas enquadrando medalhão central com pintura figurando a própria capela. Sacristia de planta rectangular com janela rasgada a O. e porta entaipada a S..

Acessos

EN 246-1, na Serra da Penha, a 1Km a SE. de Castelo de Vide. WGS84 (graus decimais) lat.: 39,410523; long.: -7,465011

Protecção

Incluído na Área Protegida da Serra de São Mamede (v. PT041214020015)

Enquadramento

Rural, isolado no cimo da Serra da Penha, fronteiro ao Castelo (v. PT041205020010) e à Vila (v. PT041205020045), alicerçada no penedio. Acesso por escadório com vários lanços, sempre ladeado de muro. No cimo, frente à fachada principal, pequeno adro empedrado com cruzeiro e fonte (v. PT041205020079). Zona de circulação murada a toda a volta.

Descrição Complementar

No cruzeiro existente frente à fachada pode ler-se na lápide: "JESUS CHRISTUS HERI/ HODIE IPSE ET IN SAECULA/ HEBBR.XIII8/11.1900".

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Portalegre - Castelo Branco)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16, finais - construção da igreja (KEIL, 1943); séc. 17 - provável data do revestimento azulejar; 1901 - construção do cruzeiro do adro em frente à capela segundo inscrição da lápide; séc. 20 - colocação portão de grades de ferro forjado a fechar o arco triunfal; 2009, 23 outubro - caduca o processo de classificação conforme o Artigo n.º 78 do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, n.º 206, alterado pelo Decreto-Lei n.º 265/2012, DR, 1.ª série, n.º 251 de 28 dezembro 2012, que faz caducar os procedimentos que não se encontrem em fase de consulta pública.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Alvenaria rebocada e granito no portal e óculo; cobertura de telha; azulejos nas paredes da nave, arco triunfal, paredes da capela-mor e cúpula; tijoleira no pavimento.

Bibliografia

KEIL, Luís, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Portalegre, Vol. 1, Lisboa, 1943; GIL, Júlio, As Mais Belas Vilas e Aldeias de Portugal, Lisboa, Verbo, 1984; TRINDADE, Diamantino, Castelo de Vide. Arquitectura Religiosa. Subsídios par o estudo das riquezas artísticas de Portugal, vol. I, Castelo de Vide, 1989.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Helena Mantas e Marta Gama 2000

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login