Cruzeiro do Senhor das Covas em Alfarela de Jales

IPA.00006833
Portugal, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, Alfarela de Jales
 
Arquitectura religiosa, neoclássica. Cruzeiro de encruzilhada neoclássico, de fuste cilíndrico, capitel compósito e cruz sobre esfera possuindo grupo escultórico na face frontal.
Número IPA Antigo: PT011713020028
 
Registo visualizado 366 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Religioso  Cruzeiro  Cruzeiro de caminho  Tipo coluna e cruz

Descrição

Base circular de plinto quadrado, moldurada com toros e escócia, fuste cilíndrico e capitel de tipo compósito suportando duas esferas sobrepostas, encimadas por cruz latina de secção octogonal, com hastes de extremidade em ponta de diamante, possuindo representação escultórica de Cristo numa das faces, encimada da cartela com a sigla "INRI". Na base da primeira esfera desenvolvem-se duas mísulas laterais molduradas servindo de pedestal a imagens escultóricas da Virgem, à direita de Cristo, e São João, à esquerda. Um gancho metálico, suportando candeia metálica assente em enrolamentos de volutas, ergue-se verticalmente do solo, unido por duas barras horizontais cravadas no fuste e uma terceira no capitel. O cruzeiro é envolvido por recinto quadrangular cerrado por muro de perpianho encimado por gradeamento metálico pintado nas cores branca e preta, possuindo cunhais sublinhados por pilastras com remate em pirâmide, idênticas às que enquadram o portão metálico frontal que ostenta a data 1911.

Acessos

EN 212, próximo do Km 14, no lugar do Toural, na saída de Alfarela de Jales em direcção a Vila Pouca de Aguiar; Fl. 88

Protecção

Enquadramento

Rural, nas abas da Serra da Padrela, isolado, na periferia da aldeia, rodeado de algum casario. Situa-se numa posição de gaveto entre a EN. e uma rua do aglomerado, numa plataforma sobrelevada por muro de alvenaria de granito com acesso frontal por um lanço de escadaria de pedra enquadrada por quatro plintos de remate em pirâmide.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: cruzeiro

Utilização Actual

Religiosa: cruzeiro

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 19 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 19 - provável construção; 1911 - construção do portão e gradeamento metálico.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Estrutura, imagens escultóricas e recinto em granito, suporte da candeia, gradeamento e portão em ferro

Bibliografia

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Ricardo Teixeira 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login