Casal de Santa Maria / Casa de Serralves

IPA.00006713
Portugal, Porto, Porto, União das freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos
 
Casa modernista. Algumas peças de "design" fazem parte da arquitectura e decoração da Casa de Serralves da autoria de Edgar Brandt, um dos mais apreciados mestres da Art Deco, de Jacques Émile Ruhlmann, e de Jules Leleu.
Número IPA Antigo: PT011312060079
 
Registo visualizado 1015 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

O parque de Serralves, de forma irregular, encerra uma unidade urbana constituída por uma casa com capela, jardim, roseiral, campo de ténis, horta, pomar, carvalhal, lago, zona agrícola e respectivos anexos de apoio. A casa de planta longitudinal composta articula o volume da Capela de forma rectangular através de um pátio em U. Edifício de dois pisos e cave. Volumes articulados com coberturas diferenciadas em telhado de quatro águas. Na cave localizam-se as zonas de serviço da casa, outrora destinadas aos aposentos de pessoal, cozinha, adega, despensa e caldeira de aquecimento. No r/c, dois vestíbulos, um grande hall de pé direito duplo e dois espaços destacados sobre os jardins destinados ao salão e sala de jantar. No primeiro piso localizavam-se fundamentalmente os quartos e zonas de vestir. A fachada principal orientada a N. é marcada por uma superfície de vidro saliente a proteger a entrada principal e por um pátio de acesso a uma entrada de serviço. A rematar esta fachada, a E., ergue-se o corpo da capela. As superficíes definidoras dos diferentes alçados, com volumes salientes, são caracterizadas por paredes lisas interrompidas por grandes envidraçados. A rematar as paredes um friso saliente em reboco. O parque de Serralves é estruturado segundo um eixo perpendicular à casa em direcção ao rio Douro, onde a casa se posiciona como ponto emergente na paisagem. Através de diferentes plataformas desenha-se um extenso terraço com um jogo de relvados e de tanques de água. No prolongamento deste eixo, e numa cota inferior, o lago com caracterização romântica. No prolongamento do desenvolvimento da casa uma extensa alameda dos liquidambars. A outros níveis inferiores e a ladear o terraço central do jardim uma pérgola e um roseiral abrem sobre a horta e o ténis. Para S., e numa grande extensão, extensa área de lavradio rematada por uma construção rural.

Acessos

Rua de Serralves, 977, Avenida Marechal Gomes da Costa, Rua D. João de Castro, Largo D. João III, Rua Gil Eanes, Rua Bartolomeu Velho, 141 e Rua Nuno Pinheiro Torres

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto n.º 31-G/2012, DR, 1ª série, n.º 252 de 31 dezembro de 2012 / ZEP, Portaria nº 593/99, DR, 2ª série, n.º 133, de 09 junho 1999 *1

Enquadramento

Urbano, isolado. Insere-se na freguesia de Lordelo do Ouro limitada a N. pela Av. da Boavista e a S. pelo Rio Douro. Implanta-se numa área actualmente muito urbanizada, envolvida a N. pela R. de Serralves, de traçado rectilíneo. Para O. localiza-se uma zona residencial de luxo e para S. e E. terrenos completamente ocupados por bairros de habitação social. A Casa de Serralves destaca-se na envolvente pela grande área verde de jardim e zona agrícola incluídas no Parque (v. PT011312060186 ). O terreno, ligeiramente inclinado para S., possui quebra abrupta na área do lago, possibilitando assim uma vista panorâmica sobre o rio Douro.

Descrição Complementar

É da autoria de Edgar Brandt uma porta interior localizada no r/c, constituída por duas folhas, executada em ferro forjado dourado e palmitos em bronze cinzelado. A consola, localizada no r/c na antiga sala de jantar e executada em mármore, metal e painel espelhado, é da autoria de Jacques Ruhlmann. É atribuído a Leleu a autoria do candeeiro de parede situado também na então sala de jantar no r/c da Casa e executado em metal e alabastro.

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Cultural e recreativa: museu

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Época Construção

Séc. 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITETO: José Marques da Silva; ARQUITETO URBANISTA: Jacques Gréber (jardins); ENGENHEIRO: Teixeiro Rego (casa)

Cronologia

1836 - Integração da freguesia de Lordelo do Ouro na cidade; 1864, 12 Dez. - nasce no Porto o 1º. Conde de Vizela, Diogo José Cabral; 1869, 18 Out. - Nasce no Porto o arquitecto J. Marques da Silva; 1895, 14 Jul. - Nasce no Porto o 2º. Conde de Vizela, Carlos Alberto Cabral; 1925 - Ida conjunta do 2º. conde de Vizela e J. Marques da Silva à Exposição Internacional das Artes Decorativas e Industriais em Paris e apresentação do 1º Projecto da Casa de Serralves; 1931 - Apresentação do projecto da Casa de Serralves; 1932 - Plantas de Gréber para Serralves; 1944, 29 Jun. - É efectuado o auto de vistoria da Casa; Aquisição pelo industrial textil Delfim Ferreira da propriedade de Serralves; 1947, 6 Jun. - Morre o Arq. J. Marques da Silva no Porto; 1986, 30 outubro - O Conselho de Ministros decide a aquisição pela Secretaria de Estado da Cultura da propriedade de Serralves; 1994 - Despacho propondo Zona Especial de Protecção; 1996, 06 março - classificação do Casal de Santa Maria como Imóvel de Interesse Público, publicado no Decreto 2/96, DR, 1ª série-B, n.º 56; 2011, 11 de Outubro - publicação do anúncio n.º 14393 referente ao Projeto de Decisão relativo à reclassificação como Monumento Nacional do conjunto edificado e zonas envolventes.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes, estrutura autónoma.

Materiais

Paredes exteriores de alvenaria rebocadas a areado fino; paredes interiores de alvenaria rebocadas com acabamento estanhado; tectos com acabamento estucado; cobertura em estrutura de madeira e revestida a telha de barro; revestimentos de pavimentos em mármore e taco de madeira; caixilharias exteriores em ferro pintado; portas interiores em madeira pintada.

Bibliografia

BEAUJEU-GARNIER, Jacqueline, Geografia Urbana, Lisboa, 1983; CARDOSO, António, Marques da Silva - Arquitecto (1869 - 1947), (catálogo da exposição), Secção Regional do Norte da Associação dos Arquitectos Portugueses, Porto, 1986; COSTA, Alexandre Alves, Serralves, in Porto 1901-2001: Guia da Arquitectura Moderna, Porto, 2001; MEDEIROS, Carlos Alberto, Introdução à Geografia de Portugal, Lisboa, 1987; Casa de Serralves - Retrato de uma Época, Porto, 1988; PACHECO, Helder, Porto, Lisboa, 1984; ZUQUETE, Afonso Eduardo Martins, dir., Nobreza de Portugal e do Brasil, 3 volumes, Lisboa, 1961.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - DOF: Casal de Santa Maria (conjunto edificado e zona envolvente), também denominado " Parque de Serralves " ou " Quinta do Riba de Ave " (primitiva Quinta do Conde de Vizela - Carlos Alberto Cabral), que se compõe de habitação principal, jardins anexos, zona rural e casas agrícolas.

Autor e Data

Isabel Sereno 1994

Actualização

Ana Filipe 2011
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login