Paço Real de Frielas

IPA.00006616
Portugal, Lisboa, Loures, União das freguesias de Santo António dos Cavaleiros e Frielas
 
Arquitectura residencial, medieval. Paço real.
Número IPA Antigo: PT031107060033
 
Registo visualizado 529 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Edifício e estrutura  Residencial senhorial  Paço real    

Descrição

Do primitivo edifício reconhecem-se apenas 2 muros (parcialmente arruinados), de cantaria e alvenaria mista, junto à via pública *1.

Acessos

Rua de Santa Catarina

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, junto à capela de Santa Catarina ( v. PT031107060032 ), no limite N. da povoação.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: paço real

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 14

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 14, início - construção de um paço real por iniciativa de D. Dinis, o qual permanece nessa sua residência com frequência, como o atestam os numerosos documentos régios datados de Frielas; 1309 - ao longo deste ano o monarca procede ao largamento dos seus domínios de Frielas, adquirindo propriedades contíguas; 1313 - construção de uma capela com a invocação de Santa Catarina, na proximidade dos paços reais, sendo privilégio do monarca a presentação do capelão; 1357 - D. Pedro I arrenda as suas propriedades de Frielas a Lançarote Pessanha; 1371 - o rei D. Fernando II doa os seus reguengos de Frielas a sua esposa D. Leonor Teles; 1373 - o paço de Frielas é destruído pelas tropas de Henrique II de Castela no contexto da 2ª guerra fernandina; 1378 - D. Fernando doa o que restava dos seus domínios de Frielas aos religiosos da ordem de São Jerónimo para que aí seja fundado um convento hieronimita, o que não chega a concretizar-se; 1384 - o rei D. João I doa os seus reguengos de Frielas ao Condestável do reino, D. Nuno Álvares Pereira; 1670 - o que restava dos antigos paços reais de Frielas encontrava-se então na posse do 1º conde da Ribeira Grande e 4º conde de Vila Franca, D. Manuel Baltasar Luís da Câmara (que se distingue na guerra da Restauração), o qual procede a escavações e encontra vestígios dos paços e se empenha na reedificação da ermida de Santa Catarina; 1755 - o terramoto, que arrasa quase todas as casas da povoação, terá igualmente causado danos no que restava dos primitivos paços; 1965 - do paço ainda restavam alguns muros e colunas; 1995, 13 dezembro - Despacho de abertura do processo de classificação; 2004, 12 outubro - Despacho de revogação do Despacho de abertura do processo de classificação, encerrando o mesmo.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria mista, reboco, cantaria de calcário

Bibliografia

CASTRO, João Bautista de, Mappa de Portugal Antigo e Moderno, Tomo III, Parte V, Lisboa, 1763; BARBOSA, Ignacio Vilhena, Fragmentos de um Roteiro de Lisboa (Inédito), in Archivo Pittoresco, Vol. 5, Lisboa, 1863; LEAL, A. de Pinho, Portugal Antigo e Moderno, Vol. III, Lisboa, 1874; BAPTISTA, João Maria, Chorographia Moderna do Reino de Portugal, Vol. IV, Lisboa, 1876; PEREIRA, Esteves, RODRIGUES, Guilherme, Portugal. Dicionário, Vol. III, Lisboa, 1907; MACHADO, J. T. Montalvão, Paço Real de Frielas, in Olisipo, Ano XXVIII, Nº 112, Out. 1965; GOMES, J. Pinharanda, Povo e Religião no Termo de Lisboa, Loures, 1982; MARQUES, Manuel Gustavo Fernandes e OUTROS, Loures Tradição e Mudança: I Centenário da Formação do Concelho 1886-1986, Loures, 1986; ASSUNÇÃO, A.P., INÁCIO, A., SOUSA, F., Frielas. Percurso Histórico, Frielas, s.d.; ADRIÃO, Vítor Manuel, Frielas. Memorial Histórico, Frielas, 1996; AAVV, Da Vida e da Morte. Os Romanos em Loures, Loures, 1998

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

DGA/TT: Gavetas, Gaveta 1, Maço 4, Doc. 7, Gaveta 3, Maço 10, Doc. 11, Gaveta 11, Maço 2, Doc. 37, Gaveta 12, Maço 11, Doc. 18 e Doc. 19, Chancelaria de D. Afonso IV, Livro 4, fl. 33, Chancelaria de D. Pedro I, Livro 1, fls. 7, 9 e 38 v., Memórias Paroquiais, Tomo XVI, fl. 1.175; IGESPAR: IPPAR: pº nº 90/3(22) e 98/23-7(14)

Intervenção Realizada

JFF: 1999 - escavação arqueológica sob a coordenação do Prof. Doutor Pedro Barbosa (Instituto de História Local da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

Observações

*1 - considerando o estado de conservação torna-se impossível reconhecer a primitiva organização planimétrica do edifício.

Autor e Data

Teresa Vale e Maria Ferreira 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login