Pelourinho de Frossos / Pelourinho de Froços

IPA.00000651
Portugal, Aveiro, Albergaria-a-Velha, São João de Loure e Frossos
 
Pelourinho seiscentista de bloco prismático, com soco quadrangular de três degraus, encimado por secção quadrangular, com capitel cúbico. Ainda são visíveis os ferros de sujeição e a datação.
Número IPA Antigo: PT020102050003
 
Registo visualizado 475 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Judicial  Pelourinho  Jurisdição senhorial  Tipo bloco

Descrição

Estrutura em cantaria de calcário, composta por soco quadrangular de três degraus, de feitura recente, com pequena base e fuste de secção quadrangular, liso e remate com pseudo-imposta, gola quadrangular e capitel cúbico com duas faces opostas lavradas com escudo, identificando-se um deles como armas nacionais. Inclui ferros de sujeição.

Acessos

Largo do Pelourinho. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,659219; long.: -8,536194

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 23 122, DG, 1ª Série, nº 231 de 11 outubro 1933

Enquadramento

Urbano. Isolado em largo levemente arborizado e empedrado modernamente, sem construções destoantes mas não contemporâneas.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Judicial: pelourinho

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Autarquia local, Artº 3º, Dec. 23 122, 11 Outubro 1933

Época Construção

Séc. 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1124 - D. Teresa conceda-lhe carta de doação; 1514, 22 Março - foral manuelino e constituição de Comenda da Ordem de São João do Hospital; 1620 - data inscrita na imposta; 1836 - extinção do concelho; séc. 20 - resconstrução do pelourinho, com execução de nova base; 1963 - segundo um relatório da DREMC estava em regular estado de conservação e situado à margem da Estrada Municipal, no ramal da estrada de Mourisca a Angeja.

Dados Técnicos

Sistema estrutural autónomo.

Materiais

Estrutura em cantaria de calcário; base em alvenaria de tijolo.

Bibliografia

CORREIA, Azevedo de, Arte Monumental Portuguesa, vol. 1, Porto, 1975, p. 33; GONÇALVES, Nogueira, Inventário Artístico de Portugal. Distrito de Aveiro, VI, Lisboa, 1959, p. 61; MALAFAIA, E.B. de Ataíde, Pelourinhos Portugueses - tentâmen de inventário geral, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1997, p. 212; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73443 [consultado em 1 agosto 2016].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DREMC

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DREMC

Intervenção Realizada

CMAV: 1980 - obras de beneficiação na base (colocação de tijolo).

Observações

Autor e Data

Margarida Alçada 1983 / Carlos Ruão 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login