Povoado de Castelo dos Mouros

IPA.00006016
Portugal, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, Alfarela de Jales
 
Aglomerado proto-urbano. Povoado proto-histórico com ocupação romana. Povoado fortificado com duas muralhas, torreão e um fosso.
Número IPA Antigo: PT011713020010
 
Registo visualizado 395 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Povoado  Povoado proto-histórico  Povoado fortificado  

Descrição

Povoado fortificado circundado por duas linhas de muralhas construídas em aparelho poligonal, que chegam a atingir c. de 4 m de altura e com c. de 3 m de espessura, sendo a defesa complementada no flanco que se prolonga de S. a O., na zona de mais fácil acesso, por um fosso escavado no afloramento. Na acrópole regista-se um torreão que corresponde ao espessamento da muralha, na zona virada a SO., que deverá estar a flanquear uma entrada neste recinto. Na plataforma intermuralhas foi posta a descoberto, por acção de destruição recente, uma construção, aparentemente de planta rectangular. Dado o espesso coberto vegetal, para além de escassos fragmentos de "tegula" não foi detectado qualquer outro espólio cerâmico.

Acessos

Estradão desde Cidadelha de Jales; Gauss: M-248.1, P-499.9; Fl. 89

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, isolado, remate de esporão coberto de pinhal e giestas, sobranceiro ao Rio Tinhela.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Proto-história

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

Proto-história - época de construção; Antiguidade - reocupação.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes; muralhas construídas com silhares assentes em seco, em aparelho poligonal, constituídas por dois paramentos paralelos preenchidos interiormente com pedra miúda; paredes das construções em dois paramentos.

Materiais

Muralhas e construções em granito; cobertura de construções com tegulae.

Bibliografia

ALMEIDA, Carlos Alberto Ferreira de, Aspectos da mineração romana de ouro em Jales e Tresminas, XII Congresso Nacional de Arqueología (Jaén, 1971), Zaragoza, 1973, p. 558; WAHL, Jürgen, Três Minas. Vorbericht Über die archãologischen Untersuchen im Bereich des Rõmischen Goldbergwerks 1986/1987, Madrider Mitteilungen, 29, Mainz, 1988, p. 239.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Este povoado encontra-se nas proximidades das explorações mineiras auríferas romanas de Jales. Um troço de muralha e uma construção foram destruídas por prospecções geológicas efectuadas pela empresa que detinha a concessão das minas de Campo de Jales. ( 1 )Embora as muralhas sejam, no geral, discerníveis pelos taludes e amontoados de pedras. ( 2 )Embora o fosso se encontre entulhado.

Autor e Data

Ricardo Teixeira e Paulo Amaral 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login