Povoação de Piódão / Aldeia de Piódão

IPA.00005907
Portugal, Coimbra, Arganil, Piódão
 
Núcleo urbano sede de freguesia. Aldeia situada em encosta. Povoação de raiz medieval com traçado orgânico. Implantação urbana em total harmonia com o território, utilizando o socalco na implantação das habitações e explorações agrícolas. Recorrência a materiais estritamente locais, em especial o xisto. Traçado orgânico revelando organização quase regular no modo como se adapta à topografia.
Número IPA Antigo: PT020601110009
 
Registo visualizado 488 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Povoação  Povoação moderna    

Descrição

A povoação estrutura-se em anfiteatro orientado a S. que a pouco e pouco foi sendo formado, disposto em socalcos de terras de lavoura. Organiza-se a partir de uma ampla praça, onde se situa a igreja paroquial, dedicada a Nossa Senhora da Conceição. Daquela praça irradiam alguns caminhos, estreitos e irregulares, num aproveitamento constante de espaço e requisitos necessários à implantação de habitações, dispondo-se grosseiramente ao longo de uma diagonal, relativamente a um eixo principal, definido pela implantaçao das habitações, ao longo da encosta. As vias comunicam entre si por pequenas vielas, becos, veredas. Os espaços públicos são pavimentados com pedra de xisto e muitas casas e ruas estão ligadas por escadas, no mesmo material. Na maioria, as casas são edificadas em xisto com coberturas em lousa. As casas mais antigas apresentam uma estrutura arquitectónica que se revela funcional e característica de toda a região. Quase todas apresentam três pisos na frontaria, e um ou dois atrás, sendo a organização interna, unicamente num piso, organizada através de divisões em madeira. Os pisos superiores muitas vezes rebocados e caiados tinham funções específicas relacionadas com a lavoura. Um era amplo e arejado, servindo preferencialmente para guardar milho, as batatas, feijão e outros produtos agrícolas. As cozinhas eram de lareira funda, com um estrado em madeira, que servia de banco para toda a família. A igreja, um pólo importante na vida da pequena povoação, destaca-se claramente da envolvência pelas superfícies caiadas de branco e pela morfologia. Existe um convento cisterciense junto à igreja, arruinado.

Acessos

EM1354, EM508-1

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 95/78, DG, 1ª série, nº 210 de 12 setembro 1978 *1

Enquadramento

Rural, no sopé da serra do Açor, emoldurado por socalcos com abundante vegetação, em harmonia com o meio.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Não aplicável

Afectação

Não aplicável

Época Construção

Séc. 15 / 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Idade Média - apesar da falta de documentação, pensa-se que será desta época o início da estruturação do Piódão, com os primeiros habitantes na região do vale, designada por Piodão Velho, sede de concelho medieval denominado Vide de Foz de Piodão; séc. 15 - refugia-se nesta povoação D. Diogo Lopes Pacheco, um dos algozes de D. Inês de Castro, que escapa à perseguição de D. Pedro I; séc.16 - execucão da escultura de Nossa Senhora da Conceição, para a igreja matriz; séc. 17 - Piodão é curato de apresentação anual ao cabido da Sé de Coimbra; fundação da igreja matriz de orago Nossa Senhora da Conceição; 1679 - criação da freguesia de Piodão; 1679 - iniciam-se nesta altura os registos paroquiais de Baptismo; 1680 - início dos registos de casamento e óbito; séc. 18, finais - ampliação da igreja matriz; 1840 - a povoação pertencia ao concelho de Avô, extinto em 1855; 1886 - fundação de um colégio de ensino médio pelo padre Manuel Fernandes Nogueira, importante pólo cultural na região; 1906 - encerramento do colégio, frequentado ao longo da sua existência por cerca de 1000 alunos, muitos ingressados na vida eclesiástica; séc. 19 - como ameaçava ruína a fachada da igreja, o Padre Manuel Fernandes Nogueira riscou o alçado actual, exemplar de um ecletismo regional; 1978, 12 Setembro - despacho de classificação como Imóvel de Interesse Público.

Dados Técnicos

Não aplicável

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

ARANHA, Brito, Memórias Histórico estatísticas de algumas vilas e povoações de Portugal, Lisboa, 1871; LEAL, Pinho, Portugal Antigo e Moderno, Lisboa, 1914; SANTANA, Dionísio, Guia de Portugal, Lisboa, 1924; GIL, Júlio, As mais belas vilas e aldeias de Portugal, Lisboa, 1984; FRÓIS, Margarida Custódio, Piodão. Isolamento - Refúgio fora do Mundo?, in Centros Históricos, Março, 1995; Cidades e Vilas de Portugal, Arganil - Piodão; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73200 [consultado em 11 agosto 2016].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DREMC

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - Povoação do Piódão. Verifica-se o aparecimento progressivo de telhados com telha vermelha, devendo criar-se programa de apoio, com a participação das entidades locais a fim de permitir a sua substituição com a tradicional lousa negra.

Autor e Data

João Cravo 1994 / Maria Bonina / Fernando Grilo 1996

Actualização

Anouk Costa, Cláudia Morgado, Rita Vale 2010
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login