Conjunto das 5 Mamoas da Veiga

IPA.00005890
Portugal, Vila Real, Montalegre, União das freguesias de Meixedo e Padornelos
 
Complexo de várias antas megalíticas, cobertas por mamoas, possuindo um dos esteios insculturas.
Número IPA Antigo: PT011706130006
 
Registo visualizado 371 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Estrutura  Funerário  Mamoa    

Descrição

Veiga 1 - Mamoa de tumulus de terra e pedra miúda, com ligeira depressão central, com c. de 30 m de diâmetro e 2,5 m de altura, não conservando qualquer esteio. Veiga 2 - Mamoa de tumulus de terra e pedra miúda, com ligeira depressão central, com c. de 30 m de diâmetro e 2 m de altura, não conservando qualquer esteio. Veiga 3 - Mamoa de tumulus de terra e pedra miúda, bastante destruído, com c. de 12 m de diâmetro e 1 m de altura. Apesar da ligeira depressão central, não se observam vestígios de câmara. Veiga 4 - Mamoa de tumulus de terra e pedra miúda, com c. de 20 m de diâmetro e 2 m de altura. Na acentuada depressão central resultante de violação, conservam-se dois esteios, um deles com muitas cruzes gravadas. Veiga 5 - Mamoa de tumulus de terra e pedra miúda, razoavelmente conservado, com depressão central. Está parcialmente cortada pela estrada, deixando ver a carapaça lítica. Tem c. de 20 m de diâmetro e 2 m de altura, não conservando qualquer esteio.

Acessos

Meixedo; Lugar da Veiga, EM. Montalegre - Meixedo; WGS84 (graus décimais) lat.: 41,837731; long.: -7,758552 (Mamoa 1), lat.: 41,836106; long.: -7,751725 (Mamoa 2), lat.: 41,835584; long.: -7,761355 (Mamoa 3), lat.: 41,833482; long.: -7,758619 (Mamoa 4), lat.: 41,834539; long.: -7,757624 (Mamoa 5)

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 29/90, DR, 1.ª série, n.º 163 de 17 julho 1990

Enquadramento

Rural, na periferia de Montalegre, em zona de chã junto ao ribº de Sá, nos dois lados da estrada.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Funerária: mamoa

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal / privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Neolítico

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

3000 a.C., cerca - provável construção das antas.

Dados Técnicos

Materiais

Esteios em monólitos graníticos, tumuli em terra e pedra miúda.

Bibliografia

BARREIROS, Fernando Braga, Materiais para a arqueologia do concelho de Montalegre, O Arqueólogo Português, 24, Lisboa, 1919 - 1920, p. 58 - 87; COSTA, João Gonçalves da, Montalegre e Terras de Barroso, Montalegre, 1968; JORGE, Vítor Oliveira, Megalitismo do Norte de Portugal: o distrito do Porto - os monumentos e a sua problemática no contexto europeu, dissert. de doutoramento, polic., vol. I, Fac. de Letras da Univ. do Porto, 1982, p. 454; SANTOS, Maria Cristina, Subsídios para o estudo arqueológico de Montalegre, Mealhada e Viseu, Ethnos, 6, Lisboa, 1969, p. 202; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/72387 [consultado em 11 janeiro 2017].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGPC: DGEMN:DSID

Documentação Administrativa

CMMontalegre; DGPC: Divisão dos Bens Culturais

Intervenção Realizada

Observações

Os monumentos localizados nos terrenos do MAPA tem sido objecto de intensos trabalhos agrícolas. Na mamoa da Veiga 3, no corte provocado pela estrada, recolheu-se uma goiva e cerâmica manual.

Autor e Data

Isabel Sereno e Paulo Amaral 1993

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login