Capela da Granjinha

IPA.00005824
Portugal, Vila Real, Chaves, Vale de Anta
 
Arquitectura religiosa, românica.
Número IPA Antigo: PT011703410011
 
Registo visualizado 520 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Capela de planta rectangular com a cabeceira e nave de comprimento semelhantes, diferenciando-as internamente o arco triunfal e a menor largura da cabeceira. No exterior apresenta-se quase como um único volume, diferenciando-se a cabeceira apenas pela menor largura. A fachada anterior, de muro espesso, apresenta um portal decorado com duas arquivoltas com animais afrontados lembrando modelos bracarenses.. Sob as impostas, também decoradas, os 4 capitéis exibem temas zoomóficos e vegetalistas, apoiando-se em colunas lisas. Um nicho com uma cara, junto do capitel do lado N. representa uma inspiração local. Duas consolas, situadas ao nível do topo do portal, denunciam um alpendre desaparecido. Sobre a empena da fachada ergue-se um pequeno campanário com uma única ventana, e sobre a empena da cabeceira uma cruz terminal vazada. O telhado, com estrutura em madeira, apresenta duas águas revestidas com telha de aba e canudo.

Acessos

Vale de Anta, Lugar da Granjinha

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 516/71, DG, 1.ª série, n.º 274 de 22 novembro 1971

Enquadramento

Urbano, no centro da aldeia, com casas a S. e a O. e terrenos agrícolas a N. e a E. A capela integra-se na área arqueológica de uma villa romana que perdurou na Alta Idade Média.

Descrição Complementar

As sondagens arqueológicas realizadas no interior da capela revelaram restos de pavimentos em "opus signinum", um muro romano de bom aparelho e dois níveis de necrópole medieval.

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 13

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

séc. 13 - época provável da construção da capela.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Paredes em granito e cobertura em madeira com revestimento de telha de aba e canudo

Bibliografia

ALMEIDA, Carlos A. Ferreira de, O Românico, in História da Arte em Portugal, Lisboa, 1986, vol. 3, p. 104; GRAF, Gerhard N., Portugal Românico - 2, Madrid, 1988, p. 299 - 303; LEMOS, Francisco Sande, Sondagens na Capela da Granjinha, Chaves (1986 / 1987), Cadernos de Arqueologia, 5, Braga, 1988, p. 163 - 181.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DREMN

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID, Matriz predial de Valdanta, artigo 182

Intervenção Realizada

1986 - Trabalhos de conservação e recuperação (1ª fase): limpeza dos paramentos exteriores e interiores de paredes, execução de nova cobertura constituída por tecto de madeira com barrotes e forro, lajeta de protecção hidrofugada e revestimento a telha nacional; 1986 / 1987 - intervenção arqueológica no interior do templo (Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho); 1987 - Trabalhos de conservação e recuperação (2ª fase): Instalação eléctrica, regularização e revestimento das paredes, levantamento e recolocação do lajeado do pavimento, recuperação da porta.

Observações

Autor e Data

Isabel Sereno e Ricardo Teixeira 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login