Pelourinho de Assequins

IPA.00005616
Portugal, Aveiro, Águeda, União das freguesias de Águeda e Borralha
 
Pelourinho quinhentista sem remate, pelo que não pode ser alvo de classificação tipológica, com fuste cilíndrico. Pela observação do fuste, o ligeiro entendimento do entasis subscreve uma obra de alguma qualidade.
Número IPA Antigo: PT020101040003
 
Registo visualizado 93 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Judicial  Pelourinho  Jurisdição senhorial  Sem remate

Descrição

Resume-se a um soco cravado no solo, junto e ao lado direito de um fontanário público, e a um fuste cílindrico com cerca de 2 m, solto, que se encontra na Junta de Freguesia.

Acessos

Águeda, Lugar de Assequins, na Rua do Cabo. WGS84 (graus decimais) lat.: 40.571373; long.: -8.433632 (à rua)

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 23 122, DG, 1.ª série, n.º 231 de 11 outubro 1933

Enquadramento

Urbano. Adossado a um fontanário, no vértice de casario destoante, nos antigos Paços de Concelho.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Judicial: pelourinho

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Autarquia local, Artº 3.º, Dec. n.º 23 122, 11 outubro 1933

Época Construção

Séc. 16

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 14 - é cabeça de senhorio, sendo a titular do mesmo, D. Mília gonçalves; 1515, 04 Agosto - concessão de foral por D. Manuel I; provável construção do pelourinho; 1706 - o senhorio estava na posse de D. Luís Saldanha da Gama; tinha juiz ordinário, 2 vereadores, um escrivão da câmara e 2 almotacés; séc. 18, meados - passa ao Conde da Ponte e, mais tarde, pertence à Universidade de Coimbra; 1930 - reconstituição do fontanário ao qual estava adossado; 1950, finais da década - encontra-se sem capitel; 1993, cerca - queda do fuste por acidente viário e recolha deste na Junta de Freguesia de Águeda; séc. 20, década de 60 - segundo informações recolhidas na Câmara Municipal de Águeda, um particular recolheu o capitel nesta altura;1999 - foram detectados pela Câmara Municipal, a base do fuste (actualmente na sua posse), a servir de degrau de acesso à bica do fontanário de Assequins, e o capitel (actualmente na posse da Junta de Freguesia), numa casa particular em Águeda.

Dados Técnicos

Sistema estrutural autónomo.

Materiais

Estrutura em calcário (pedra de Ançã).

Bibliografia

GONÇALVES, A. Nogueira, Inventário Artístico de Portugal. Distrito de Aveiro, VI, Lisboa, 1959, pág. 10 ; LADEIRA, Francisco Dias, O Município de Águeda, Águeda, s/d; MALAFAIA, E.B. de Ataíde, Pelourinhos Portugueses - tentâmen de inventário geral, Lisboa, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1997, p. 452; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73891[consultado em 08 julho 2016].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

PROPRIETÁRIO: 1930 - remodelação do fontanário ao qual estava adossado o imóvel classificado.

Observações

Autor e Data

Margarida Alçada 1990 / Carlos Ruão 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login