Centro Cultural de Belém

IPA.00000055
Portugal, Lisboa, Lisboa, Belém
 
Arquitectura cultural e recreativa. Centro cultural.
Número IPA Antigo: PT031106320401
 
Registo visualizado 804 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Cultural e recreativo  Edifício multiusos    

Descrição

De planta rectangular, o edifício apresenta volumetria escalonada, sendo a cobertura efectuada em terraço. No edifício - integralmente revestido com placagem de cantaria de calcário - composto por 2 corpos simétricos (módulos 1 e 2), separados por amplo corredor parcialmente descoberto (N. - S.), destacam-se 4 torres, conjugadas com extensos blocos de menor altura. Apresenta alçado principal, desenvolvido em 4 pisos e organizado em 3 corpos, dos quais se destaca o central em planta. Os corpos laterais terminam-se em gavetos sobranceiros aos terraços N. e S. (jardins), através de mirantes cúbicos, com cobertura piramidal. Elemento essencial na articulação dos vários módulos é o corredor que começa na entrada, passa pelo módulo 1 (centro de reuniões), conduz ao módulo 2 (centro de espectáculos), com acesso a N. ao Grande Auditório e a S. ao Pequeno Auditório e termina no parapeito sobre o prolongamento da Rua de D. Lourenço de Almeida, num terreiro servido por rampas de ambos os lados.

Acessos

Praça do Império; Rua D. Lourenço de Almeida; Rua Bartolomeu Dias; Avenida da Índia

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 5/2002, DR, 1.ª série-B, n.º 42 de 19 fevereiro 2002 / Incluído na Zona Especial de Proteção do Mosteiro de Santa Maria de Belém (v. IPA.00006543)

Enquadramento

Urbano, destacado, isolado. Implantado em zona ribeirinha e localizado na proximidade do mosteiro de Santa Maria de Belém (v. PT031106320005)

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Cultural e recreativa: edifício multiusos

Utilização Actual

Cultural e recreativa: edifício multiusos

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Consórcio Gregotti / Risco, sob orientação dos arquitectos Vittorio Gregotti e Manuel Salgado; Daciano da Costa (equipamentos e mobiliário, sistema de sinalização e e espaços cénicos)

Cronologia

1987, 17 Dezembro - resolução do Conselho de Ministros que determina a construção do Centro Cultural de Belém, devendo a sua localização e implantação obedecer aos condicionamentos definidos pelo Plano de Salvaguarda e Valorização de Belém; a construção previa a existência de cinco módulos, com Centro de Reuniões, Centro de Espectáculos, Centro de Exposições, Unidade Hoteleira e Zona Complementar, só sendo construídos os primeiros três; 1988 - projecto dos arquitectos Vittorio Gregotti e Manuel Salgado, com equipamentos de Daciano da Costa; o segundo classificado no concurso foi o atelier de arquitectura de Gonçalo Sousa Byrne; recebeu uma menção honrosa o projecto do arquitecto Arsénio Raposo Cordeiro e o de Nuno Teotónio Pereira; 1991, 3 Outubro - criação da Fundação das Descobertas; 1992, 1 Janeiro - início do funcionamento do módulo 1 do Centro Cultural de Belém, com a instalação dos serviços da presidência portuguesa do Conselho das Comunidades Europeias.

Dados Técnicos

Estrutura autónoma

Materiais

Alvenaria mista, reboco pintado, cantaria de calcário, estuque, ferro, vidro.

Bibliografia

GOMES, António Luís, Centro Cultural de Belém: O Sítio A Obra, Lisboa, 1993; PEDREIRINHO, José Manuel, Dicionário de arquitectos activos em Portugal do Séc. I à actualidade, Porto, Edições Afrontamento, 1994.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DSPI

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DSARH

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Teresa Vale e Maria Ferreira 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login