Igreja Paroquial da Tocha / Igreja de Nossa Senhora da Tocha / Santuário de Nossa Senhora de Atocha

IPA.00005201
Portugal, Coimbra, Cantanhede, Tocha
 
Igreja paroquial barroca. Os azulejos da nave são da segunda metade de setecentos; os da capela-mor estão datados de 1763. De realçar o templete da capela-mor semelhante ao do Jardim da Manga ( v. PT02060317025).
Número IPA Antigo: PT020602140003
 
Registo visualizado 300 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal composta de nave única, capela-mor e sacristia. Interior - exterior não coincidentes. Volumes articulados, disposição horizontal das massas, excepto na torre. Cobertura em telhado de 2 águas. Fachada principal orientada a E., de pano único enquadrado por cunhais e empena triangular; sobre os cunhais assentam pináculos piramidais; ao centro rasga-se o portal de verga recta e cornija na qual assenta um janelão rectangular correspondente ao coro-alto; mais acima, ao nível da base da empena, abre-se um óculo redondo; do lado esquerdo encosta-se a torre sineira. INTERIOR: Espaço diferenciado. Nave rectangular bem iluminada por 2 janelas altas a cada lado, janelão e óculo da frontaria; nas paredes azulejos com cenas bíblicas, em 10 painéis enquadrados por motivos concheados; púlpito de talha policromada sobre mísula de pedra à esquerda. Um arco cruzeiro redondo separa a nave da capela-mor; é uma composição de pilastras com almofadados e entablamento; tem as cantoneiras decoradas com pinturas que se completam na metade superior da parede, fingido nichos aos lados, acima da linha das impostas. A capela-mor é quadrada; no centro eleva-se um templete circular constituído por 8 colunas coríntias, cúpula e lanternim, ligado aos ângulos das paredes por arcobotantes. Altar-mor de trono, de 4 faces ( a posterior fechada ), de talha, com a imagem da Senhora de Atocha. Nas paredes 20 painéis de azulejos representam símbolos marianos.

Acessos

Largo da Tocha (atravessado pela EN. 109, ao Km 97)

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 33 587, DG, 1ª série, n.º 63 de 27 de março 1944

Enquadramento

Urbano, isolada, implantaçao harmónica a N. de um vasto terreiro arborizado e rodeado de casario baixo, que retomam elementos da fachada da igreja.

Descrição Complementar

Abóbada da capela-mor em abóbada de aresta executada em estrutura de fasquiado revestida a estuque com pintura mural cromática em cordões de motivos vegetalistas marcantes das arestas da abóbada. Templete circular na capela-mor constituído por cúpula esférica rematada por lanternim, apoiada em 8 colunas coríntias de cantaria e pinturas murais no extradorso e intradorso da cúpula e nas paredes exteriores do lanternim. Arco cruzeiro com pintura mural

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial / Religiosa: santuário

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17

Arquitecto / Construtor / Autor

PINTOR: Oliveira Bernardes (atr.) (azulejo)

Cronologia

1610 - fundada, por D. Juan Garcia Bacelar, de Pontevedra, no sítio da actual igreja, uma pequena ermida dedicada a Nossa Senhora da Atocha; séc. 17, final - os cónegos regrantes de Santa Cruz de Coimbra substituiram a pequena ermida pela actual igreja; séc. 18, segunda metade - reformada; revestimento azulejar; 1999 - elaboração de um projecto para um guarda vento e para nova localização da pia baptismal; 2004 - elaboração do projecto de conservação e restauro de pinturas murais, pela DREMC.

Dados Técnicos

Estrutura mista

Materiais

Alvenaria rebocada e caiada (paredes); lagedo de cantaria (pavimento); madeira (tecto e retábulos); telha (cobertura exterior).

Bibliografia

Boletim da Direcçao-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, n.º 93, Lisboa, 1958; BORGES, Nelson Correia, Coimbra e Região, Lisboa, 1987; CORREIA, Vergílio, A Capela-mor da Igreja da Tocha, Diário de Coimbra, 1936; CORREIA, Vergílio e GONÇALVES, A. Nogueira, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Coimbra, Lisboa, 1952; DIAS, Pedro e PEREIRA, João Victor G. da Silva, Cantanhede. A Terra e as suas Gentes, Cantanhede, 1983; DIONÍSIO, Sant'Anna e outros, Guia de Portugal - Beira Litoral, Lisboa, 1993 ( 3.ª ed. ); Ministério das Obras Públicas, Relatório da Actividade do Ministério nos Anos de 1959, 1º Volume, Lisboa, 1960; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/72905 [consultado em 11 agosto 2016].

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

DGEMN: 1938 - reparação da cobertura e rebocos; 1956 - reparação de rebocos exteriores e torre sineira, reconstrução do tecto de madeira e rebocos interiores; 1958 - instalação eléctrica e reparação do pavimento; 1959 - reparação de talhas e madeiras da sacristia; retirado guarda-vento na sacristia; 1971 - reassentamento de azulejos na capela-mor; 1980 - reparação de coberturas, rebocos e pinturas; 1991 - reparação da cobertura com substituição da telha e nivelamento das vertentes; 1992 - substituição de beirados, de caleiras, de rebocos e caiação exterior; C.M. Cantanhede: 2001 - arranjo da envolvente; PROPRIETÁRIO / JFTocha: 2001 - execução de novas portas laterais e pintura exterior.

Observações

Autor e Data

João Cravo 1993 / Francisco Jesus 1999.

Actualização

Lúcia Pessoa 2005
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login