Gravuras rupestres / Pedra da Escrita

IPA.00004995
Portugal, Viseu, São Pedro do Sul, Serrazes
 
Sítio pré e proto-histórico. Arte rupestre ao ar livre. Insculturas sobre afloramento granítico, de círculos concêntricos e quadrículas, com provável significação simbólico-religiosa, do tipo altar dos povos dolménicos que se inscreve no grupo dos círculos, covinhas e temática geométrica, relacionado com a arte galego-atlântica e simbolísmo típico dos santuários do grupo I do Noroeste. Algumas semelhanças com a Pedra das Ferraduras Pintadas de Destriz, Penedo da Gândara da Seixa de Oliveira de Frades, Rasto dos Mouros de Sejães, Cantinhos de Benfeitos, Outeiro dos Mouros de Vale Cando; Pedra do Arestal de Sever do Vouga e Pedra de Ardegães. Um dos rochedos com insculturas ou fossettes que surgem normalmente nas proximidades de dólmenes na região da Beira Alta, sobretudo no Vale de Lafões e Serra do Caramulo, sendo o Rio Vouga o limite S. da temática dos círculos concêntricos.
Número IPA Antigo: PT021816150006
 
Registo visualizado 357 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Sítio  Sítio pré e proto-histórico  Arte rupestre      

Descrição

Grande monolito granítico de forma tronco-cónica, orientado segundo um eixo N. / S., parcialmente enterrado no solo de onde se eleva c. 2,40m, com uma das faces alisada, quase vertical, voltada a E., que apresenta leve rebordo superior e é gravada em quase toda a superfície, exceptuando o canto inferior direito, com insculturas de círculos simples e concêntricos com covinha central, e reticulados formados por extensas linhas horizontais e verticais, apresentando uma secção em U.

Acessos

EM entre Serrazes e Freixo, à entrada de Freixo cortada à direita, 150m em caminho, assinalado

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 35 532, DG, 1.ª série, n.º 55 de 15 março 1946

Enquadramento

Rural, isolada. Meia-encosta, no prolongamento SO. da Serra da Gralheira, em zona sensivelmente plana muito arborizada, circundada de vegetação. Protegida por telheiro de zinco sobre pilares e vigas de betão, destoantes

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Época Construção

Calcolítico / Idade do bronze / Idade do ferro

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

Calcolítico - Idade do bronze, final - Idade do ferro, início - balizas cronológicas da execução das gravuras.

Dados Técnicos

Materiais

Não aplicável

Bibliografia

SOUTO, Alberto, Arte Rupestre em Portugal (Entre Douro e Vouga), Porto, 1932; CORTEZ, Fernando Russell, Contributo para o Estudo do Neolítico em Portugal, Porto, 1952; MOITA, Irisalva, Características Predominantes do Grupo Dolménico da Beira Alta, in Ethnos, vol. 5, Lisboa, 1966, pp. 189-297; ALARCÃO, Jorge de, História da Arte em Portugal, Do Paleolítico à Arte Visigótica, Lisboa, 1986

Documentação Gráfica

CMSPS

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID/DSARH

Intervenção Realizada

IPPC: 1985 - Autorizada a realização de trabalhos arqueológicos na Pedra da Escrita, sob responsabilidade de Dr. José Alberto Beleza Afonso Moreira

Observações

Autor e Data

Lina Marques 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login