Estátua do Homem da Maça / Estátua de São Brás da Maça

IPA.00004957
Portugal, Porto, Matosinhos, União das freguesias de Perafita, Lavra e Santa Cruz do Bispo
 
Monumento escultórico em granito medieval. Reproduz um guerreiro e a desproporção da figura confere-lhe um carácter arcaico.
Número IPA Antigo: PT011308080020
 
Registo visualizado 150 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Religioso  Monumento escultórico    

Descrição

Escultura em granito, representando um homem forte e atarracado, com barbas e farta cabeleira. Não são perceptíveis as feições, visto que a face está muito gasta. Com os braços amputados até aos cotovelos, possui vestes de guerreiro, com couraça, cinturão e joelheiras. Nas suas proximidades, um animal deitado à semelhança de um leão ou javali. Cada uma das figuras apoia numa laje de granito.

Acessos

Lugar de Aguiar, Monte da Vela ou de São Brás, Rua do Monte de São Brás, desvio da Rua de São Brás

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Rural, isolado, implanta-se em área arborizada, no cimo do Monte de São Brás, no remate da rua que lhe dá acesso. Este monte arborizado, constitui um parque de merendas. Na sua proximidade, no cimo de um conjunto de rochas, ergue-se um cruzeiro dos anos 40. O acesso ao Homem da Maça, pelo interior deste parque faz-se através de um grande escadaria. No mesmo monte, localizam-se duas capelas, a de São Brás e Nossa Senhora do Livramento e a do Mártir São Sebastião. O Homem da Maça e o animal que o ladeia estão apoiados numa plataforma quadrada em granito, ligeiramente elevada e vedada por uma grade de ferro pintada, com uma porta voltada para a escadaria.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: monumento escultórico

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privado: Igreja Católica.

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Época medieval (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Época medieval - provável feitura; 1935 - transferência para o sítio actual; 2002, 20 Março - proposta da DRPorto para classificar o conjunto constituído pela Capela de São Sebastião (v. PT011308080019), Capela de Nossa Senhora do Livramento e São Brás, Homem da Maça e seu Bicho, Monte de São Brás; 20 março - Despacho de abertura do vice-presidente do IPPAR; 2006, 30 março - é solicitada a proposta de Zona Especial de Proteção à DRPorto; 2009, 23 outubro - o processo de classificação caduca nos termos do artigo 78.º do Decreto-Lei n.º 309/2009, publicado nesta data.

Dados Técnicos

Materiais

Granito

Bibliografia

PEIXOTO, Rocha, O Homem da Maça, in Portugália, tomo II, fasc.4, Porto, 1908; Guia de Portugal, IV, I, Coimbra, 1985; PACHECO, Helder, O Grande Porto, Lisboa, 1986.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Anos 90 - Colocação de grade a envolver as figuras de granito; 2002, 20 Março - despacho de classificação do conjunto constituído pela Capela de São Sebastião, Capela de Nossa Senhora do Livramento e São Brás, Homem da Maça e seu Bicho, Monte de São Brás.

Observações

No 1º domingo de Fevereiro realiza-se a romaria a São Brás. Antigamente nos dias da romaria, regavam-no com vinho e enfeitavam-no com flores ou rodeavam-no de velas. Segundo a lenda popular, este homem representa um habitante local, que depois de maçar o linho foi atacado por um animal. Com a invocação do santo venceu-o. Trata-se assim de uma figura sagrada e profana. Outros identificam-no com Hércules.

Autor e Data

Isabel Sereno 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login