Solar dos Sanhudos / Hotel Real d' Ëbidos

IPA.00004768
Portugal, Leiria, Óbidos, Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa
 
Casa abastada barroca, de planta rectangular irregular. de 2 pisos e coberturas homogéneas em telhados de 4 águas.
Número IPA Antigo: PT031012050048
 
Registo visualizado 228 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Casa abastada  

Descrição

Planta irregular distribuída horizontalmente em dois pisos, numa implantação ligeiramente desnivelada, estando-lhe adossados diversos volumes para cómodos. Coberturas homogéneas com telhado de quatro águas, rematando junto à parede com beiral e cimalha. O alçado frontal, voltado a N., apresenta no 1º piso uma porta central e dois portões laterais, entre estes duas frestas na horizontal e, aos extremos, duas frestas na vertical. Ao nível do 2º piso cinco janelas de sacada e duas de peitoril. A fachada apresenta-se como uma massa regular, à qual estão adossadas duas pequenas "torres" laterais. Na correnteza desta fachada estende-se um pano de muros altos, delimitando a cerca da casa. O alçado O. apresenta ao nível do 1º piso um vão de grandes dimensões em arco de cantaria, correspondendo a um dos cinco passos do Calvário, ladeado por duas frestas na horizontal e, no extremo esquerdo, uma outra na vertical; no 2º piso, existe uma janela de sacada e duas de peitoril. Todo o edifício é cingido pelo tradicional lambrim e barras de cor, num registo alteado, sendo as mesmas barras visíveis na delimitação das "torres" laterais. No jardim foi construída uma piscina. INTERIOR: adaptado a hotel, compõe-se por 17 quartos e 3 apartamentos.

Acessos

Rua de D. João de Ornelas

Protecção

Incluído na Zona Especial de Protecção do Castelo (v. PT031012040001) e Núcleo urbano da vila de Óbidos (v. PT031012040050)

Enquadramento

Urbano, localiza-se no arrabalde de Óbidos, extra-muros da Vila, confinando com um outro edifício de dois pisos (hoje loja de artesanato e antiguidades). A fachada é voltada a N. para a Rua de D. João de Ornelas, fronteira a uma habitação de dois pisos e a um pequeno adro da Igreja de Nossa Senhora de Monserrate (v.PT031012040010); a parte lateral O. voltada a um largo o qual é delimitado pela capela de Jesus Maria José (PT031012050021), um edifício do séc. 18 de três pisos, o Chafariz do Poço (v.PT031012050017), a calçada do poço ou do arrabalde e Rua da Porta do Vale.

Descrição Complementar

Antes da intervenção que transformou o imóvel em hotel, o interior era composto, a nível do 1º piso, de adega e arrecadações, sendo o portão do lado direito utilizado para aceder a um vestíbulo que comunicava com a parte posterior do imóvel e ao jardim, bem como para uma escada de acesso ao primeiro andar, zona de residência. A divisão entre os dois pisos era feita em madeira.

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Comercial e turística: hotel

Propriedade

Privada: Pessoa colectiva

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18 / 19 / 21

Arquitecto / Construtor / Autor

Financertus, projecto de adaptação a hotel

Cronologia

Séc. 18 - Reconstrução do imóvel, tendo sido residência da família Brito Pegado que entre 1718 e 1790 ocuparam o cargo de capitães-mor da Vila; séc. 19 - remodelações; séc. 20, início - venda do imóvel à família Paulino; séc. 20, década de 80 - venda do imóvel à família Batista; 1998 - escritura de justificação a favor do actual proprietário; 2003 - aberto ao público com a função de hotel - Hotel Real d'Óbidos.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria, cantaria, pedra, madeira e telhas

Bibliografia

Memórias Históricas, Óbidos, 1985

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

2000 / 2003 - obras de adaptação a unidade hoteleira; construção de piscina

Observações

O edifício foi implantado numa área onde já existia um solar mais antigo. Desta primitiva construção nada se observa. Pertenceu à família Sanhudo, depois entrando na posse da família Brito Pegado (cuja casa principal se localizava na Pç. de Santa Maria, intra-muros da Vila de Óbidos), tendo permanecido em posse dos morgados, até inícios deste século, sendo a última proprietária relacionada a esta família a Senhora D. Maria da Conceição Malhão de Freitas Silva e Sousa. O alçado O. parece ter sido formado por um ângulo recto, mais tarde (séc. 18?) realinhado com a R. de D. João de Ornelas permitindo a instalação do Passo do Calvário. O vão da porta central parece ter tido a mesma dimensão dos portões, tendo sido retiradas as suas cantarias e reduzida a abertura.

Autor e Data

Sérgio Gorjão 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login