Coreto de Faro / Coreto na Praça Dom Francisco Gomes

IPA.00004524
Portugal, Faro, Faro, União das freguesias de Faro (Sé e São Pedro)
 
Arquitectura, recreativa, oitocentista. Coreto oitocentista, de planta centralizada octogonal, com parapeito gradeado e cobertura piramidal octogonal; embasamento octogonal reforçado nos cunhais por blocos de cantaria; panos rasgados por três óculos circulares intercalados por duas portas, de acesso ao seu interior, desnivelado, em arco de volta perfeita. Nos gradeamentos e outros elementos férreos predominam os motivos geométricos, de marcada contenção formal contrastando com o simbolismo dos caduceus estlizados do festão da cobertura.
Número IPA Antigo: PT050805050078
 
Registo visualizado 1969 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Cultural e recreativo  Estrutura de lazer  Coreto  

Descrição

Planta centralizada, octogonal, simples e regular. Massa disposta na vertical com cobertura homogénea, piramidal octogonal de zinco. Embasamento de alvenaria rebocada e pintada de cor branca, de oito panos, delimitados por cunhais angulares de blocos de cantaria alternados com faixas pintadas a cor vermelha; os cunhais são munidos de pequenas bases (excepto os cunhais dos panos SE. e S.), limitadas a estreito listel e de capitéis simples de perfil em quarto de círculo; rodapé pétreo envolvente, excepto nos panos NE., SE. e S.; remate recto em friso pétreo, de perfil em quarto de círculo; pano principal a O. rasgado por óculo, com moldura simples, munido de gradeamento férreo rendilhado, desenhando quadrifólios; pano oposto, a E., e pano N. idênticos; pano NO. rasgado por porta de acesso à cave, de volta perfeita sobre pilastras munidas de bases e capitéis; portada de chapa rasgada superiormente por óculo de ventilação; acesso desnivelado; pano NE. idêntico; pano SO. rasgado a quase toda a sua largura e altura, por porta rectangular de chapa. Palco delimitado por gradeamento de ferro fundido, desenhando composição geométrica de rectângulos, quadrados e cruzes gregas decoradas por roseta no nó; balaústres torneados nos ângulos rematados por bola; este gradeamento assenta em passadiço de chapa, que corre exterior ao embasamento, suportado por consolas de ferro, aparafusadas aos cunhais, decoradas por bicos de diamante nos terminais. Cobertura assente em oito colunas de ferro, colocadas nos ângulos do octógono, munidas de plintos octogonais (com inscrição relevada numa das faces relativa ao fabricante), com bases e capitéis moldurados; fustes lavrados, no terço inferior, com motivo de folhagem estilizada e anéis; rematam em pequenos capiteis cilíndricos que recebem a estrutura metálica de suporte da cobertura, constituída por tripla consola triangular; globos de iluminação na parte superior de cada coluna, em vidro branco. Remate dos panos da cobertura, pintados de cor vermelho escuro, em festão decorado nos ângulos por caduceus; no vértice pináculo lanceolado de ferro; intradorso pintado de cor creme. Pavimento em ladrilhos de azulejo. Portadas e gradeamentos pintados de cor cinzenta e molduras de vãos pintadas de cor vermelha idêntica às faixas dos cunhais. Acesso ao palco por escada de alumínio a O..

Acessos

Praça Dom Francisco Gomes

Protecção

Enquadramento

Urbano, ribeirinho, isolado, na antiga Praça da Rainha, actual praça principal da urbe, em pleno centro da cidade, frente à marina, no extremo N. da praça, isolado. A afronta o edifício da Caixa-Geral de Depósitos (v. PT050805050134) e o Banco de Portugal (v. PT050805050056), a S.o jardim. O pavimento da praça em calçada à portuguesa, desenha motivo ornamental circular à volta do coreto.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Cultural e recreativa: coreto

Utilização Actual

Cultural e recreativa: coreto

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Companhia Aliança do Porto (conjectural)

Cronologia

1893 - a edilidade delibera em sessão de câmara que se obtivessem das fábricas mais creditadas do país, desenhos de coretos de ferro, a fim de se escolher um que mais convenha para a Praça D. Francisco Gomes; Séc. 20, 2ª metade - demolição do café a ele adossado; 2004 - obras de recuperação no âmbito do programa PROAlgrave incluindo colocação de escada metálica de acesso ao palco e pintura do embasamento, gradeamentos e cobertura, substituindo as cores anteriores, nomeadamente vermelho sangue nos cunhais, amarelo ocre nos alçados, amarelo nos gradeamentos e às riscas brancas e vermelhas na cobertura; 2004, 09 de Outubro - reabertura após as obras com colocação de lápide alusiva.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Cantaria calcária, alvenaria, tijolo, ferro fundido, zinco, azulejo de ladrilho

Bibliografia

LAMEIRA, Francisco Ildefonso C., Faro-Edificações Notáveis, Faro, 1995; PAULA, Rui M. e PAULA, Frederico, Faro Evolução Urbana e Património, Faro, 1993.

Documentação Gráfica

CMF

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA, DGEMN/ DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

CMF: 2004 - obras de recuperação incluindo pintura do embasamento, gradeamentos e cobertura, colocação de escada metálica de acesso ao palco, demolição do café adossado.

Observações

Autor e Data

Francisco Lameira 1996 / Rosário Gordalina 2008

Actualização

Rosário Gordalina 2008
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login