Palácio da Família Guerreirinho / Palacete Guerreirinho

IPA.00004511
Portugal, Faro, Faro, União das freguesias de Faro (Sé e São Pedro)
 
Palacete revivalista de planta irregular, conciliando elementos do vocabulário clássico com outros.
Número IPA Antigo: PT050805040021
 
Registo visualizado 129 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Palacete  

Descrição

Planta irregular composta, volumes articulados, cobertura com telhado de quatro águas e açoteias; massas dispostas na horizontal, com dois pisos. Fachadas totalmente revestidas de cantaria, a principal voltada a E. de grande sumptuosidade, com três corpos, sendo os laterais mais altos e salientes, com portal alto de verga curva no piso térreo e duas janelas com balcão definido por três colunas, balaustrada, entablamento com duplo frontão rematado por urna funerária; corpo central com seis janelas de peitoril com parapeito gradeado no piso térreo e no piso superior, seis janelas de sacada corrida sobre modilhões, todas elas encimadas por arquitrave decorada; empena triangular com urnas funerárias. Fachada lateral delimitada por soco, cunhais e dois frisos, um no remate de cada piso. O portal principal do lado S. dá acesso ao átrio com frisos e medalhões de estuque, alguns envolvendo pinturas murais, escadaria de mármore com quatro lances conduz ao piso superior, destacando-se sala nobre com duas pinturas no tecto envolvidas por cercaduras ovais de estuque; galeria com colunata nos dois pisos dá acesso ao logradouro, cujo muro de limite S. apresenta vestígios da cortina de ligação entre dois baluartes seiscentistas. Na cartela do remate da fachada principal ostenta-se F.G.P.J.ore a data de 1936, correspondendo ao responsável pela encomenda e ao ano da construção. INTERIOR: salas decoradas com frisos vegetalistas pintados, festões, medalhões pintados com paisagens, anjos, etc.

Acessos

Rua Ventura Coelho, n.º 31 a 33, Rua Infante D. Henrique, n.º 67 a 71

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, flanqueado. Ergue-se num quarteirão citadino, com um vasto logradouro ajardinado, com duas fachadas dando para a via pública.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Comercial: messe

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

1936 - Francisco Guerreiro Pereira Júnior manda construir este edifício para sua habitação; 1987, 09 de Fevereiro - proposta a classificação pela Câmara Municipal de Faro; 2009, 23 outubro - o processo de classificação caduca nos termos do artigo 78.º do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, n. 206, publicado nesta data

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria, cantaria, madeira, azulejos, mármores, pinturas, trabalhos de estuque, ferragens e cobertura com telhas marselhesas.

Bibliografia

LAMEIRA, Francisco Ildefonso C., Faro-Edificações Notáveis, Faro, 1995; Rosa, J. A. Pinheiro e, Monumentos e Edifícios Notáveis do Concelho de Faro, Faro, 1984.

Documentação Gráfica

CMF

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Francisco Lameira 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login