Casa do Poeta Dr. Cândido Guerreiro

IPA.00004491
Portugal, Faro, Faro, União das freguesias de Faro (Sé e São Pedro)
 
Arquitectura residencial, do Séc. 20. Vivenda característica dos anos quarenta, do tipo "casa portuguesa". Habitação urbana, de planta irregular, de um piso, onde se retomam valores tido na época como representantivos da identidade algarvia. Constitui o exemplo de um modelo idealizado nos meados do nosso século da casa tradicional algarvia.
Número IPA Antigo: PT050805050016
 
Registo visualizado 117 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Moradia / Vivenda  

Descrição

Planta irregular, de um piso, volumes articulados, massas horizontais, coberturas diferenciadas em telhados de duas águas. Fachada principal virada a S., com quatro vãos à face, dois correspondentes à habitação, um de volta perfeita e outro rectangular e dois de acesso a uma galeria, ambos de volta perfeita, onde se localiza a porta de entrada e nas imediações um painel de azulejos aludindo à Casa do Poeta e à homenagem da Câmara Municipal e uma peça de cerâmica vidrada representando Nossa Senhora. Fachada E. com quatro arcos de volta perfeita, o mais saliente de acesso à entrada principal, os mais recuados pertecem à galeria comunicante com a fachada principal. Fachada N. sóbria, com chaminé rendilhada e três vãos rectangulares, a O. o acesso faz-se por escadaria com muro envolvente. Fachada O. sóbria, com um vão rectangular e chaminé rendilhada. Interior com três quartos, uma sala, uma sala de mesa, cozinha, casa de banho e despensa.

Acessos

Rua General Humberto Delgado, nº 59

Protecção

Em vias de classificação (Homologado como IM - Interesse Municipal, Despacho de novembro 1988 da Secretária de Estado da Cultura)

Enquadramento

Urbano, rodeada por pequeno espaço ajardinado na frente e de logradouro nas traseiras, integra-se numa zona habitacional dos anos quarenta.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: Jorge Ribeiro de Oliveira (1907-1989)

Cronologia

1940 - o traçado urbanístico da zona do Alto de Santo António origina a abertura de várias artérias e a destruição da antiga moradia do Dr. Cândido Guerreiro; 1944 - a Câmara Municipal de Faro manda elaborar o projecto de uma nova moradia para substituir a anterior; 1947 - inauguração da moradia projecto de Jorge Oliveira, dos Serviços de Arquitectura e Urbanismo da Junta da Província do Algarve.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria de pedra e tijolo, telhados com telha de canudo

Bibliografia

LAMEIRA, Francisco Ildefonso C., Faro-Edificações Notáveis, Faro, 1995.

Documentação Gráfica

CMF

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Francisco Lameira 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login