Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe / Ermida de São Gens / Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe

IPA.00004424
Portugal, Beja, Serpa, União das freguesias de Serpa (Salvador e Santa Maria)
 
Arquitectura religiosa, popular, vernácula. O edifício corresponde a uma tipologia frequente nas ermidas edificadas no Baixo Alentejo ao longo do séc. 16, com nártex e sacristia cobertos por domos, alçados laterais ritmados por contrafortes escalonados e marcação dos cunhais com pináculos piramidais. O templo singulariza-se pela sua forte implantação na paisagem envolvente e pelo ritmo poderoso que lhe advém da disposição dos contrafortes e dos pináculos piramidais. São também dignas de nota as coberturas em domo do nártex e da sacristia e a pia de água benta, em cantaria, epigrafada.
Número IPA Antigo: PT040213040015
 
Registo visualizado 2206 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja de peregrinação  

Descrição

Planta longitudinal composta por nártex, nave e capela-mor, a que se adossam, à direita, a sacristia e a residência do ermitão, com quintal murado. Volumes articulados. Cobertura diferenciada em domo no nártex e na sacristia, em duas águas revestidas de tijoleira no corpo da igreja e em telhado de uma água na residência do ermitão. Alçado principal orientado a S., com dois panos separados por contraforte: o do nártex é rematado por cornija com pináculos piramidais nos ângulos e rasgado por arco de volta perfeita; em segundo plano, no topo da nave, eleva-se o campanário com olhal em arco de volta perfeita, rematado por cornija e encimado por urna; o outro pano é rasgado por uma janela. Alçado lateral O. de cinco panos separados por contrafortes, rasgando-se no último pano um arco de volta perfeita, de acesso ao nártex. Alçado N. cego, com empena triangular. Alçado lateral E. com o volume cego da residência do ermitão, rematado por beirado, e o muro do quintal murado desta, rematado por grelhas de tijoleira. Nártex coberto por cúpula com portal de verga recta chanfrada em alvenaria. INTERIOR: de nave única de quatro tramos separados por arcos-diafragma de volta perfeita. No primeiro tramo, à direita de quem entra, pia de água benta de cantaria, epigrafada HVS. Cobertura em abóbada de berço que arranca de cornija. Acesso à capela-mor por arco triunfal de volta perfeita assente em pilastras, degrau e balaustrada de madeira. Capela-mor coberta por abóbada de berço arrancando de cornija. Altar e retábulo de talha dourada e policromada, com nicho central. Do lado da Epístola rasga-se a porta de acesso à sacristia e um nicho com mísula, enquadrado por molduras de argamassa policromadas e douradas, a que corresponde outro nicho idêntico do lado do Evangelho.

Acessos

Monte de São Gens, acesso pela estrada que conduz à Pousada de São Gens, a 1,5 km. da vila

Protecção

Em estudo

Enquadramento

Rural, isolado, em destaque, no alto de um monte; rodeada por adro murado e parcialmente pavimentado com tijoleira; nas imediações da Pousada de São Gens.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja de peregrinação

Utilização Actual

Religiosa: igreja de peregrinação

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Beja)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 16, inícios - construção do templo; séc. 18 - feitura do campanário e do retábulo; 1946, 01 dezembro - o arcebispo de Beja, D. José do Patrocínio Dias dedica o concelho de Serpa a Nossa Senhora de Guadalupe.

Dados Técnicos

Estrutura mista

Materiais

Paredes de alvenaria de pedra e cal, rebocadas e caiadas, cobertura em telha de canudo e tijoleira, elementos secundários de cantaria, pavimento de tijoleira, retábulo de talha dourada e policromada

Bibliografia

BARARDO, Maria do Rosário - Santuários de Portugal. Caminhos de Fé. Lisboa: Paulinas Editora, 2015; SERPA, José Gonçalves - A Virgem da Lusitânia. Beja: s.d.; SERPA, José Gonçalves - Enciclopédia Diocesana. Beja: s.d..

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID; Associação de Reitores dos Santuários de Portugal: Paulinas

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSARH

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

José Falcão e Ricardo Pereira 1997

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login