Capela de Santo António

IPA.00004339
Portugal, Beja, Ferreira do Alentejo, União das freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros
 
Arquitectura religiosa, vernacular. Pequena capela de implantação urbana, com planta longitudinal composta por nave e capela-mor mais estreita e baixa, com sacristia adossada. Fachada principal em empena, com os vãos em eixo composto por portal de verga recta, encimado por óculo. Coberturas em abóbada de berço e retábulo-mor fingido de estrutura maneirista. Existência de estuques tardo-oitocentistas. Capela com sacristia adossada ao alçado lateral direito, esquema menos comum no distrito. Fachada principal em empena truncada sem sineira, esquema único no distrito e existência de retábulo-mor fingido em estuque.
Número IPA Antigo: PT040208020003
 
Registo visualizado 192 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal escalonada, composta pela nave e capela-mor, a que se adossa, do lado direito, a sacristia, de planta quadrangular. Cobertura em telhado de duas águas e a sacristia constitui o piso térreo de um prédio adossado. Fachada principal voltada a S., rematada em empena truncada *1, com portal de verga recta, em cantaria, encimado por óculo. Soco pintado a amarelo. INTERIOR com nave coberta por abóbada de berço que arranca de cornija, tendo na parede do lado da Epístola uma pia de água benta, em cantaria. Pavimento em soalho. Paredes totalmente revestidas por estuques com decoração marmoreada. Acesso à capela-mor por arco de volta perfeita assente em pilastras, decorado com estuques e protegido por teia. Mesa de altar de talha dourada e policromada, com retábulo em estuque tendo nicho central e duas mísulas, decorado por teorias vegetalistas, frisos de círculos e baldaquinos. Cobertura em abóbada de berço, revestida por composições de pintura mural. Na parede do lado da Epístola rasga-se a porta de acesso à sacristia. Sacristia com pavimento de tijoleira.

Acessos

Rua da República e Praça do Comendador Infante Passanha

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, adossado, confinando com a via pública.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Beja)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17 - construção; séc. 18, finais - mesa do altar; séc. 19, finais - remodelação e decoração pictórica, pavimento de soalho; 1930, década de - apeamento do campanário da frontaria, demolido por um raio; 2002, 11 de dezembro - Deliberação da Assembleia Municipal de classificação como IM - Interesse Municipal; 2003, 29 de setembro - Aviso n.º 7515/2003, DR, 2.ª série, n.º 225, Apêndice, n.º 147, pelo qual a Câmara Municipal torna público que deliberou a classificação como IM - Interesse Municipal; a classificação foi considerada nula pelo IPPAR dado a CM não ter competência para o efeito.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Paredes de alvenaria de pedra e cal, portal e elementos secundários de cantaria, pavimento de soalho e tijoleira, retábulo de talha dourada e policromada.

Bibliografia

ESPANCA, Túlio, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Beja, vol.1, Lisboa, 1992.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1930, década de - obras de conservação. Paróquia / Técnicos da Câmara Municipal: 1996 - trabalhos de conservação.

Observações

*1 - o campanário que coroava a fachada, visível em documentação fotográfica antiga, apresentava um olhal em arco de volta perfeita rematado por empena triangular e sobrepujado por cruz em ferro.

Autor e Data

José Falcão e Ricardo Pereira 1996

Actualização

Paula Figueiredo 2001
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login