Penedo de São Simão

IPA.00000427
Portugal, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Refóios do Lima
 
Sepultura antropomórfica medieval, aberta num penedo de certa altitude.
Número IPA Antigo: PT011607370035
 
Registo visualizado 207 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Funerário  Sepultura escavada na rocha    

Descrição

Sepultura antropomórfica aberta no cimo de um penedo de forma mais ou menos esferoidal e que, segundo o Conde de Aurora, tem à volta caracteres gravados.

Acessos

Refóios do Lima, situado no Alto do Couto. WGS84 (graus decimais) lat.: 41,795632; long.: -8,560190 (à freguesia)

Protecção

Categoria: IM - Interesse Municipal, Decreto nº 28/82, DR, 1.ª série, n.º 47 de 26 fevereiro 1982

Enquadramento

Rural, monte, isolado. Implanta-se na subida para a coroa do monte, frente ao Castro de S. Simão, tendo ele mesmo vestígios de um habitat castrejo, designado por Castro da Bouça de S. Simão, possivelmente eregido nos primórdios da ocupação romana e sendo constituído por 3 cinturas de muralhas, em pedra. É envolvido por eucaliptos e vegetação.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Funerária: sepultura escavada na rocha

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Afectação

Época Construção

Época medieval

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Época medieval, início - provável abertura da sepultura escavada na rocha.

Dados Técnicos

Materiais

Granito.

Bibliografia

AURORA, Conde d', Roteiro da Ribeira Lima, Porto, 1959; ALMEIDA, Carlos Alberto Brochado de, Proto-História e Romanização da Bacia Inferior do Lima, Estudos Regionais, número especial 7 / 8, Viana do Castelo, 1990; IPPAR, Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, vol. 3, Lisboa, 1993

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Cronologicamente de difícil definição, mas que se poderá sítuar no período proto-histórico. Considerada tradicionalmente como tendo pertencido a São Simão, não é caso isolado no concelho, existindo outra junto à capela de Santa Justa, outra na freguesia de Estorães, no Sítio de "o castelo" etc, todas elas ligadas a alguma lenda ou tradição popular que de alguma forma se procurou cristianizar.

Autor e Data

Paula Noé 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login