Casa dos Lemos e Sousa

IPA.00004229
Portugal, Viseu, Viseu, União das freguesias de Viseu
 
Arquitectura residencial, maneirista. Casa de planta longitudinal; alçados sóbrios; fachada corrida e simples; entrada por escadaria de um lanço, com túnel formando patamar, 2 pisos; andar térreo para serviços; andar nobre para habitação; regularidade nas janelas; sacadas simples.
Número IPA Antigo: PT021823240009
 
Registo visualizado 148 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

Planta longitudinal irregular, volumes articulados com disposição horizontalista das massas, cobertura homogénea de telhado de 3 águas. Fachada principal orientada a N. / NO., dividida em 2 panos, com 2 pisos; cornija. 1º. piso com escadaria lateral de acesso ao piso nobre, alicerçada sobre uma estrutura de arco a pleno centro, com uma porta secundária de acesso ao piso térreo, formando patamar; porta de garagem; 2 fenestrações rectangulares e porta de serviço. 2º. piso: Porta principal e 4 janelas rectangulares e uma janela rectangular geminada; óculo quadrilobado; cornija. Alçado SO.: adossado a construções. Alçado NE.:embasamento escalonado; 1º. piso: fenestração rectangular. 2º. piso: duas janelas de sacada assentes em cachorros; entablamento. Alçado SE.: fenestração rectangular e núcleo trilobado no pano exterior da muralha; sobre esta 4 janelas de sacada assentes em cachorros; entablamento. Interior: Hall de entrada, dando para os alçados N. / NO. e NE., comunicante para divisão à direita e em frente para as outras a que se tem acesso por corredor; tectos estucados.

Acessos

Rua da Árvore, esquina com a Rua da Carvoeira

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 41 191, DG, 1.ª série, n.º 162 de 18 julho 1957 *1

Enquadramento

Urbano, implantação destacada sobre troço da muralha medieval da cidade; adossado lateralmente a construções em ruínas. Separado parcialmente por muro com zona ajardinada e virado a SE., para zona principal da cidade (Largo de Santa Cristina).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Residencial: casa

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17 - provável construção.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Granito; reboco; madeira; ferro.

Bibliografia

Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, vol. 36, Lisboa / Rio de Janeiro, s.d.; COSTA, Jorge Braga da e CRUZ, Júlio, Monumentalidade Visiense, Viseu, AVIS, 2007; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73769 [consultado em 2 janeiro 2017].

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Observações

*1 - DOF: Casa senhorial apoiada sobre as muralhas de Viseu, junto das Portas de Santa Cristina.

Autor e Data

João Carvalho 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login