Capela de Santo António

IPA.00004180
Portugal, Vila Real, Vila Pouca de Aguiar, Bornes de Aguiar
 
Capela de nave e capela-mor formando um único volume de planta rectangular, fachada principal em empena truncada por sineira de ventana em arco de volta perfeita e com portal de lintel recto, com frontão curvo interrompido por nicho.
Número IPA Antigo: PT011713030026
 
Registo visualizado 370 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal de nave e capela-mor formando um corpo rectangular, de massa simples, coberto por um telhado de 2 águas, e sacristia rectangular, mais baixo, adossado lateralmente a O., com cobertura de 1 água. Nos ângulos do corpo principal 4 pilastras molduradas, de base com soco, prolongando-se acima da cornija em pináculos piramidais de remate esférico nas da frente, e de esfera grande de remate ponteagudo, nas posteriores. Fachada principal virada a S. terminada em empena truncada por sineira, de ventana de arco de volta perfeita sobre pilastras molduradas, encimada por pequena cruz latina. Portal de lintel recto liso, encimado por frontão curvo interrompido por um nicho com imagem escultórica de Santo António ocupando a zona central do tímpano. Fachada posterior cega, com remate em empena de cornija moldurada encimada por cruz latina de secção em losango e hastes de remate flordelisado. Fachadas laterais de remate em cornija moldurada, possuindo a do lado O. pequena fresta rectangular, e a de E. uma porta central de lintel recto, ladeada de uma pequena fresta e, na zona próxima do altar, uma janela rectangular com grade. Sacristia de fachadas cegas apresentando apenas na virada a N. uma janela também rectangular com grade. Interior do corpo da capela de espaço diferenciado, iluminado pela janela da fachada E., na zona da capela-mor, e as 2 frestas de ambos os lados da nave. Nave de pavimento de tijoleira, lambril de azulejo azul e amarelo, paredes pintadas de branco, tecto em abóbada de berço, de madeira pintada de azul e tirantes aparentes, pintados de castanho. Colateralmente, junto ao arco triunfal, de volta perfeita, liso, sobre pilastras com impostas molduradas, 2 vãos em arco abatido, preenchidos com retábulos de talha dourada sobre fundo branco. Capela-mor de pavimento sobreelevado na zona do altar e com acesso por 3 degraus centrais. Paredes de alvenaria aparente com cornija moldurada e cobertura de madeira em abóbada de berço com pendurais e tirantes de ferro aparente, pintada com motivos em grinaldas e um medalhão central sobre fundo azul. Altar de talha policroma, com sacrário central e trono escalonado. A sacristia, com acesso a partir da capela-mor através de porta de lintel recto, possui pavimento em tijoleira, lambril de azulejo azul e amarelo e cobertura de madeira envernizada.

Acessos

Lagoa; Fl. 75

Protecção

Enquadramento

Rural. Isolada, implantada em zona de encosta, proeminente ao aglomerado de Lagoa, e sobranceira a lameiros e terrenos agrícolas numa típica paisagem da Serra da Padrela. Possui um amplo adro murado com pavimento calcetado e acesso por portão frontal, ao nível da rua. Do lado E. o adro é suportado por alto muro de alvenaria ensossa, reforçado por outro do mesmo tipo, em socalco e com vários lanços de escadaria que constitui acesso a partir do sopé da encosta.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Época Construção

Séc. 18 (conjectural) / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 18 - época provável de construção; séc. 19 - provável feitura dos retábulos; séc. 20 - remodelação da igreja; colocação do lambril de azulejos.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes.

Materiais

Estrutura de granito, com paredes de alvenaria de granito sem revestimento, pilastras, cornijas e molduras de vãos de cantaria aparente, pavimento da nave e da sacristia de tijoleira, e da zona do altar-mor de lajeado granítico, tectos e altares com retábulo de madeira, lambril de azulejo cerâmico azul e amarelo, cobertura de telha de aba e canudo na capela e do tipo marselha na sacristia, portão do adro de ferro.

Bibliografia

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

A desproporcionalidade entre o grande comprimento da capela que contrasta com a sua largura, resulta da sua ampliação nesse sentido, como se pode verificar pela diferença de aparelho construtivo e pela própria moldura das cornijas de movimento diferente nas duas fases construtivas.

Autor e Data

Ricardo Teixeira 1997

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login