Ponte Romana de Barroselas

IPA.00004141
Portugal, Viana do Castelo, Viana do Castelo, União das freguesias de Barroselas e Carvoeiro
 
Arquitectura de comunicações e transportes, românica. Apesar de arco, usualmente designada de ponte Romana, trata-se, na verdade, de uma ponte românica como confirma a sua estrutura, aparelho não almofadado, a sua pouca largura e até o facto de não se integrar em esquemas vários de longo alcance como acontecia com as pontes medievais e ao contrário das romanas. Arco de volta perfeita com aduelas irregulares.
Número IPA Antigo: PT011609060028
 
Registo visualizado 270 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Ponte / Viaduto  Ponte pedonal / rodoviária  Tipo arco

Descrição

Lançada sobre um riacho, é constituída por arco de volta perfeita, com aduelas, um pouco irregulares e não almofadadas, possivelmente sobre pegões, hoje meio destruídos e cobertos pela vegetação. Já não possui o tabuleiro.

Acessos

Barroselas, Lugar da Foz. WGS84 (graus decimais) lat.: 41,634337; long.: -8,708569

Protecção

Categoria: IM - Interesse Municipal, Decreto nº 29/90, DR, 1.ª série, n.º 163 de 17 julho 1990

Enquadramento

Urbano, sobre o ribeiro dos Reis Magos. Ergue-se no lugar das Alvas e encontra-se quase completamente coberta por vegetação, tendo no seu alinhamento outra ponte, mais moderna e com 2 inscrições.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ponte

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 13 / 14 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 13 - 14 - Época provável da sua construção; séc. 17 / 18 - a feitura da ponte ao lado, deve ter contribuído para a sua ruína, uma vez que um dos muros de apoio lhe cortou a passagem.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Granito.

Bibliografia

ARAÚJO, José Rosa de, Caminhos Velhos e Pontes de Viana e Ponte de Lima, Viana do Castelo, 1962; s.a., Duas Pontes Romanas Abandonadas, Jornal de Notícias, Porto, 22 Jun. 1978.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Segundo o Dr. António Leal, Arqueólogo da Câmara Municipal, este organismo possui um projecto para a sua reconstrução. Das 2 pontes, mais ou menos contemporâneas, existentes na freguesia de Barroselas (antigo canto dos Arcebispos de Braga), esta é a menor e servia uma derivante que, no lugar do Forno, entroncava na estrada Viana - Braga e se dirigia a Esposende.

Autor e Data

Paula Noé 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login