Grutas da Quinta do Anjo / Grutas do Casal do Pardo / Covas da Moura

IPA.00004084
Portugal, Setúbal, Palmela, Quinta do Anjo
 
Grutas artificiais com uso funerário. Carácter megalítico, reproduzindo o esquema das sepulturas hipogeias colectivas dos tholoi. Os cordões salientes no pavimento das câmaras parecem indicar a delimitação dos vários espaços de inumação (COSTA, 1907).
Número IPA Antigo: PT031508040004
 
Registo visualizado 139 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Estrutura  Funerário  Gruta artificial    

Descrição

Complexo de quatro grutas independentes, de calcário miocénico, dispostas no sentido E. / O., com o pavimento praticamente ao nível do terreno envolvente e as entradas no primitivo talude do cerro, com um desnível entre a entrada e a parte terminal. Planta longitudinal composta por câmara semicircular de maiores dimensões, com diâmetro entre 4 e 5 m. e vestíbulo elipsoidal, comunicando com a câmara por uma passagem estreita; um corredor de acesso rectangular, estreito, precede o vestíbulo da segunda gruta a contar de E. As duas únicas câmaras cobertas, a primeira e a segunda do lado E., têm clarabóias rasgadas no topo da calote esférica; o único vestíbulo coberto, o da segunda gruta, mostra também sinais do rasgamento de umaclarabóia. A terceira e a quarta grutas não têm já cobertura. Na quarta gruta, ao fundo da câmara, uma banqueta escavada na rocha mostra sinais de alargamento da mesma. Vários cordões salientes no pavimento das câmaras.

Acessos

Sítio da Cova dos Mouros, no arruamento transversal à Rua do Matadouro. WGS84 (graus decimais): lat. 38,564127, long. -8,938666

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto nº 23 740, DG, 1.ª série, n.º 79 de 05 abril 1934 / ZEP, Portaria n.º 886/2013, DR, 2.ª série, n.º 240 de 11 dezembro 2013

Enquadramento

Rural. As grutas estão escavadas no interior de uma pequena colina muito alongada.

Descrição Complementar

Entre o espólio variado e numeroso contam-se micrólitos, pontas de seta e lâminas de silex, utensílios de pedra polida, objectos rituais e ídolos de calcário, xisto e osso, botões e alfinetes de osso, contas de colar e pendentes de calaíte, objectos em ouro, pontas de seta de cobre, cerâmica lisa e decorada de vários tipos, incluíndo taças e vasos campaniformesdecorados com incisões. Características especiais da cerâmica campaniforme e das pontas de cobre com espigão típico.

Utilização Inicial

Funerária: gruta artificial

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Junta de Freguesia da Quinta do Anjo

Época Construção

Neolítico

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

4000 - 2000 a.C. - período de ocupação das grutas; 2007, 13 julho - proposta da DRLisboa de fixação de Zona Especial de Proteção; 12 dezembro - parecer favorável do Conselho Consultivo do IGESPAR relativo à fixação de Zona Especial de Proteção; 2011, 22 setembro - Anúncio n.º 13251/2011, DR, 2.ª série, n.º 183, do projecto de decisão de fixar uma Zona Especial de Proteção e Zona "non aedificandi" do imóvel.

Dados Técnicos

Materiais

Calcário miocénico.

Bibliografia

COSTA, Marques da, Estações Pré-históricas dos arredores de Setúbal, in O Archeólogo Português, vol. XII, Lisboa, 1907, vol. XIII, Lisboa, 1908; MELIDA, José Ramon, La ceramica prehistoria decorada - los vasos de las grutas de Palmella", in O Arqueólogo Português, vol. XXIV, Lisboa, 1920; Tesouros Artísticos de Portugal, Lisboa, 1967; SILVA, Armando Ferreira da, A Idade dos Metais em Portugal, in História de Portugal, vol. I, ed. Alfa, Lisboa, 1984; SILVA, Carlos Tavares da, O Megalitismo e os primeiros metalurgistas", in História de Portugal, vol. I, Lisboa, 1984.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1876 - escavações realizadas por António Mendes e Agostinho da Silva, sob a direcção de Carlos Ribeiro; 1906 - escavações de Marques da Costa.

Observações

Autor e Data

Isabel Mendonça 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login