Edifício na Avenida da Liberdade, n.º 226 a 228 / Palacete Conceição e Silva

IPA.00003981
Portugal, Lisboa, Lisboa, Santo António
 
Palacete de sabor romântico e inserindo-se no estilo neo-árabe. Apesar disso, verifica-se aqui a reunião de elementos de diferente inspiração e que nada têm a ver com a arte muçulmana. É o caso do tipo de telhado, janelas do 1º registo, varandas do 3º e alguns elementos decorativos mais classicizantes e a própria iconografia dos vitrais. A beleza e grandiosidade da fachada, deve-se mesmo a esta hibridez e à mistura desses elementos. Decoração revivalista nos estuques e vitrais, assinados e datados.
Número IPA Antigo: PT031106140088
 
Registo visualizado 1818 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Palacete  

Descrição

Planta rectangular. Alçado de 4 registos (mais cave) e 3 corpos. 1º. Registo - 2 portas nos corpos laterais, com arco em ferradura e alfiz decorado. Ao centro, janelas com molduras várias. 2º. Registo - Janelas com arco em ferradura, alguns apoiados sobre colunas. 3º. Registo - Portas de sacada em arco tribolado ou em ferradura, mas ambos com alfizes decorados e apoiados em colunas. 4º. Registo - Corpo central formando espécie de torre, vazado por grande arco redondo, e rematada por platibanda em merlões escalonados. Os corpos laterais terminam numa espécie de mansarda, com um janelão redondo bastante saliente e com moldura de cantaria. A zona ocupada pela fosforeira já não possui a decoração inicial. A O., mantém a traça e decoração inicial. O chão é revestido por ricos parquês com estuques pintados ou trabalhados com portas geométricas e os tectos em caixotões de madeira. Nas janelas, vitrais vindos de Paris e datados.

Acessos

Avenida da Liberdade, n.º 226 a 228

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 735/74, DG, 1,ª série, n.º 297 de 21 dezembro 1974 / ZEP, Portaria n.º 529/96, DR, 1.ª série-B, n.º 228 de 01 outubro 1996 *1 / Incluído na classificação da Avenida da Liberdade (v. IPA.00005972)

Enquadramento

Situa-se no lado E. da Avenida tendo nas imediações outros prédios de cariz romântico.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: palacete

Utilização Actual

Serviços: sede de empresa

Propriedade

Privada: pessoa colectiva

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 19, finais - o Industrial de Bolachas, Conceição Silva, encomendou a construção de um palacete numa altura em que se rasgava a Avenida e a burguesia enriquecida ali construía as suas residências. Recusou o 1º. projecto em estilo parisiense "segundo império" por este com predominância do gosto neo-árabe, traçado pelo arquitecto Francês Henri Lusseau; 1891 - inicio da sua construção; para a decoração do seu interior vieram fogões de mármore de Itália, parquets, ferragens, vitrais em caixilhos de madeira de tela e portões de Paris.; 1995 - Despacho do Subsecretário de Estado da Cultura, de 8 de Setembro, que determina a Zona Especial de Protecção 1998, Dezembro - elaboração da Carta de Risco do imóvel pela DGEMN.

Dados Técnicos

Materiais

Estrutura de alvenaria rebocada, cantaria, vitrais, madeira nos aros de portas e janelas, estuque na decoração interior e parqês. Cobertura em mansarda com telha cerâmica.

Bibliografia

FRANÇA, José Augusto, A Arte em Portugal no séc. XIX, II, Lisboa, Livraria Bertrand, 1967; ALMEIDA, J. A. Ferreira de, Tesouros Artísticos de Portugal, Lisboa, Selecções Reader's Digest, 1982.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID, Carta de Risco; CML: Processo de Obras, nº 12 362, in Direcção dos Serviços Centrais e Culturais, 5ª. Repartição (Arquivo de Obras).

Intervenção Realizada

1950 - obras no estabelecimento; 1958 - beneficiação períodica; 1961 - reparação e limpeza; 1962 - alargamento da entrada da propriedade; 1964 - remodelação das instalações; 1969 - beneficiação geral, reparação da chaminé e fendas; 1970 - beneficiação geral; 1972 - obras de reparação; 1987 - restauro dos vitrais da janela; 1990 - projecto de remodelação da autoria do arquitecto Chicó não aprovado pelo IPPAR *1.

Observações

*1 - DOF: Prédio na Avenida da Liberdade, 226 e 228; constitui uma Zona Especial de Proteção conjunta dos edifícios classificados da Avenida da Liberdade e área envolvente.

Autor e Data

Paula Noé 1990

Actualização

Lobo de Carvalho 1999
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login