Convento de Santo António / Hotel Convento de Alter

IPA.00003978
Portugal, Portalegre, Alter do Chão, Alter do Chão
 
Arquitectura religiosa, barroca. Convento capucho, característico do barroco sobretudo ao nível dos elementos decorativos e dos altares e retábulos. A planimetria longitudinal e a existencia de vestígios de contrafortes no interior parecem apontar todavia para uma construção mais antiga, sobre a qual seria sido construido o edifício barroco.
Número IPA Antigo: PT041201010009
 
Registo visualizado 574 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Convento / Mosteiro  Convento masculino  Ordem de São Francisco - Franciscanos Capuchos

Descrição

Planimetria longitudinal de nave única, volumes articulados da capela-mor rectangular, da sacristia e da capela do Senhor dos Passos à direita. Cobertura em telhado de 2 águas; massas dispostas na vertical. Fachada principal de 2 registos sendo o inferior rasgado por porta de verga recta e ombreiras de cantaria, emolduradas por arco em relevo de volta perfeita assente em mísulas e pilastras de bases simples, sobrepujado os emblemas da Ordem. Ao nível superior, no eixo do portal, janelão rectangular flanqueado por outros dois, cegos, com vergas sobrepujadas por molduras de volutas e florão em alvenaria relevada; sobre o janelão central painel de azulejo azul e branco figurando Santo António, enquadrado por moldura cerâmica amarela e violeta. Empena triangular que nos ângulos termina em cornija relevada coroando os cunhais em alvenaria relevada. Frontão recortado com relevos florões ladeado por duas torres sineiras. Na fachada lateral direita restos de contrafortes e entre eles o corpo da capela lateral. Interior: cobertura em abóbada de canhão na nave e capela-mor; arco triunfal de cantaria assente em mísulas molduradas de mármore branco e pilastras em mármore (?) negro e branco. Altar-mor em mármore branco e negro bem como os altares laterais no muro fundeiro. Nartex abobadado e com coro-alto; aos lados capelas laterais com altares de mármore.

Acessos

No extremo E. da vila - Ladeira do Convento. WGS84 (graus decimais) lat.: 39,197315, long.: -7,658379

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 8/83, DR, 1.ª série, n.º 19 de 24 janeiro 1983 (igreja)

Enquadramento

Urbano. Numa pequena elevação diante da igreja pequeno adro calcetado abrindo para via de circulação. Fachada flanqueada de várias construções, algumas pertencentes ao antigo convento e hoje servindo de habitação.

Descrição Complementar

Do recheio fazem parte uma imagem de madeira Nossa Senhora e outra em pedra figurando São Pedro, de finais do séc. 16; várias imagens em madeira do séc. 17, grade de ferro, várias sepulturas brasonadas seiscentistas, púlpito, teia de madeira entalhada, pinturas em madeira.

Utilização Inicial

Religiosa: convento masculino

Utilização Actual

Comercial e turística: pousada

Propriedade

Privada: pessoa colectiva

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 / 18 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

1613 - data de registo da presença dos frades capuchos em Alter do Chão, que durante dez a onze anos residiram num convento que fora de frades carmelitas; 1614 - Os frades da Ordem de São Francisco da Província da Piedade, à qual o Convento pertenceu, já habitavam no local; 1617 - data da mudança dos frades para o novo convento, fundado por D. Teodósio II, Duque de Bragança; 1784 - construção da capela do Senhor dos Passos a mando de João Alvares Barreto; séc. 18 - inúmeras modificações e acrescentos como o altar-mor e os altares colaterais; 1834 - pela extinção das ordens religiosas foi vendido em hasta pública a particulares. Numa das suas alas chegou a funcionar uma moagem de trigo, à qual esteve adstrito o gerador eléctrico municipal; 1943, c. de - alteração da entrada do templo, que se fazia através de um arco de volta perfeita abrindo para o nartex, sendo preenchida de alvenaria na qual se abriu a actual porta; servia então de residência a particulares; 1998 - o edifício encontra-se desocupado e bastante degradado, existindo um projecto que visa transformá-lo numa unidade de exploração turística; 2001, 04 julho - Deliberação camarária no sentido de classificar o convento como imóvel de interesse local; 2002, 15 março - pedido de parecer da CMAlter do Chão; 08 outubro - parecer favorável à classificação pela DRÉvora; 2003, 07 maio - parecer do Conselho Consultivo do IPPAR a propor a classificação como Imóvel de Interesse Público; 23 maio - Despacho de homologação da classificação do convento como Imóvel de Interesse Público, pelo Ministro da Cultura; 2007, 21 dezembro - proposta da DRCAlentejo de revogação do Despacho de homologação considerando a transformação sofrida pelo imóvel durante as obras; 2010, 21 abril - parecer favorável do Conselho Nacional de Cultura; 2013, 17 maio - publicação do anúncio da eventual revogação do Despacho de homologação de classificação do Convento, por este se achar descaracterizado, Anúncio n.º 180/2013, DR, 2.ª série, n.º 95; 19 setembro - públicação do Anúncio da revogação do Despacho de homologação de classificação do Convento, em Anúncio n.º 312/2013, DR, 2.ª série, n.º 181, pelo que deixa de se encontrar em vias de classificação.

Dados Técnicos

Materiais

Estruturas: alvenaria rebocada nos muros pintada de amarelo no rodapé, cunhais moldurando arcos e janelas cegos, cornijas etc. Pavimentos: tijoleira de cantaria, madeira e azulejo.

Bibliografia

FARO, Frei João de, Fragmento Académico. Noticias geraes e particulares da Provincia da Piedade. Da regular observancia de Nº P.S. Francº, s. ed., s.l., 1721; MONFORTE, Frei Manuel de, Chronica da Provincia da Piedade, 2ª edição, ed. Officina de Miguel Manescal da Costa, s.l., 1751; BARBOSA, Inácio de Vilhena, As Cidades e Vilas da Monarquia Portuguesa que têem brasão d'armas, vol. 3, Lisboa, 1860; DONA, João Raphael Mendes, Villa e Concelho de Alter do Chão, ed. Typ. Minerva Central de Antóniio F.M. Tapadinha, Portalegre, 1900; KEIL, Luís, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Portalegre, vol. I, ed. Academia Nacional de Belas Artes, Lisboa, 1943; CALADO, Rafael Salinas, Alter do Chão - Uma das Vilas mais interessantes do Alentejo, ed. Imprensa Lucas e Cª, Lisboa, 1944; CALADO, Rafael Salinas, Brazões dos Duques de Bragança no seu antigo senhorio da Vila de Alter do Chão, s.ed., Coimbra, 1948; ANÓNIMO, Templos de alter do Chão, O Século, 9 Maio 1964; INÁCIO, Ana Calado, O Actual Concelho de Alter do Chão nas Memórias Paroquiais de 1758, in A Cidade, Revista Cultural de Portalegre, nº 7 (nova série), ed. Atelier de Artes Plásticas de Portalegre, Portalegre, 1992, pp. 14 e 31; XAVIER, António Mateus, Das Cercas dos Conventos Capuchos (da Província da Piedade), contributo para a definição de uma política de recuperação, relatório de Trabalho de Fim de Curso na Licenciatura em Arquitectura Paisagista pela Universidade de Évora, Évora, 1998 (texto policopiado).

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

DGARQ/TT: Arquivo Histórico do Ministério das Finanças - Autos de Inventário dos Bens Pertencentes aos Extintos Conventos da Ordem de São Francisco da Província da Piedade, 1834, cx. 2194.

Intervenção Realizada

Séc. 20, final - transformação do edifício, adaptando-o a unidade hoteleira.

Observações

Autor e Data

Rosário Gordalina 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login