Igreja Paroquial de Lordelo do Ouro / Igreja de São Martinho

IPA.00003963
Portugal, Porto, Porto, União das freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos
 
Arquitectura religiosa
Número IPA Antigo: PT011312060068
 
Registo visualizado 1444 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta com desenvolvimento longitudinal em forma de cruz latina. Aos volumes da igreja (nave, capelas laterais e capela-mor), foram acrescentados dois outros volumes, no alinhamento das paredes das capelas laterais e capela -mor, para instalação de dependências da confraria. A horizontalidade do volume é reforçada pela presença do robusto friso em granito na fachada principal, que é ladeada por duas torres sineiras e rematada por um alto frontão de linhas curvas. A composição simétrica é acentuada pela presença de pilastras em cantaria. Ao centro, sobre a porta de entrada, existe um nicho localizado à mesma altura dos 6 vãos existentes ao nivel do coro-alto. No tímpano do grande frontão e ao centro um vão de janela e duas pilastras na continuidade das já referidas. As coberturas dos volumes são de uma ou duas águas. O interior da igreja é constituído por uma grande nave com tecto formando caixotões em abóbada de berço, capelas laterais e capela-mor bastante profunda. Destacam-se a talha, as pinturas, as esculturas e o altar-mor. O painel existente no altar-mor, de grandes dimensões tem como tema o santíssimo Sacramento e morte de S. Martinho

Acessos

Rua das Condominhas

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 1/86, DR, 1ª série, n.º 2, de 03 janeiro 1986

Enquadramento

Urbano. Isolada. Localizada perto do cruzamento da Rua das Condominhas com a Rua do Campo Alegre. A fachada principal está no mesmo alinhamento das casas que definem o perfil da Rua das Condominhas

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese do Porto)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Organeiros: Frei Gabriel de São Teotónio, Manuel de Sá Couto.

Cronologia

1278 - Referências à existência de uma "Igreja de Lordello", nas inquirições de D. Afonso III e no Livro de Originais registado sob o nº 755 (livro XXIV, de 1564); 1574 - a igreja pertence ao padroado real e integra a Diocese do Porto; 1721, 20 Fevereiro - contrato entre a Confraria do Santíssimo Sacramento e o organeiro Padre Frei Gabriel de São Teotónio, para a execução de um órgão, por 81$600 réis; execução do órgão, com 25 registos, para o coro; 1745 - possuía um coro com 9 sacerdotes; 1764 - reedificação da igreja; 1788 - reedificação da capela-mor e da sacristia (referências no livro "Documentos e memórias para a História do Porto"); 1823, 14 Setembro - a Confraria do Santíssimo de Lordelo do Ouro aprova a construção de "um órgão grande que tenha proporções com a igreja"; 1823 / 1824 - execução do órgão por Manuel de Sá Couto, por 700$000 e o órgão antigo; 1863 / 1864 - reparações do órgão; 1874 - reforma do órgão por António José Santos, de Mangualde, segundo legenda no someiro; 1921 - extinção do coro; o órgão encontrava-se degradado, mandando a Confraria proceder a uma pequena reparação; 1935 / 1936 - deslocamento do órgão para o centro do coro-alto; restauro e conserto do órgão por Alexandre Moreira Alves Ribeiro, de Espinho; 1985 - o órgão não funciona.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Pavimentos em madeira (tacos e soalho), paredes em alvenaria de pedra revestida exteriormente na fachada principal a azulejos de fabrico recente e nas restantes fachadas reboco pintado de cor branca, e no interior acabamento em reboco pintado com lambril em azulejo igualmente de fabrico recente. Os tectos, de diferentes configurações, têm acabamento estucado. A cobertura é em telha de barro vermelho

Bibliografia

MONTEREY, Guido, O Porto à Beira-Mar, Porto, 1973; O Tripeiro, Nº10, Porto, 1966; BRANDÃO, Domingos de Pinho, Órgãos da Sé do Porto e actividade de organeiros que nesta cidade viveram, Porto, 1985; SERRÃO, Joaquim Veríssimo - Livro das Igrejas e Capelas do Padroado dos Reis de Portugal - 1574. Paris: Fundação Calouste Gulbenkian Centro Cultural Português, 1971; VALENÇA, Manuel, A Arte Organística em Portugal, vol. II, Braga, 1990.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

IPPAR: 83/3(33)

Intervenção Realizada

1874 - conserto do órgão por A. José dos Santos; DGEMN: séc. 20, anos 70 - Substituição de alguns elementos de madeira por alumínio (guarda ventos, vitrais, etc); 1982 - Revestimento da fachada e torres a azulejo

Observações

A reedificação ficou a dever-se ao fervor de dois devotos naturais de Lordelo, que doaram vultuosas verbas. Nos anos 70 o pároco da freguesia era o Pde. Almeida Gomes.

Autor e Data

Isabel Sereno / João Santos 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login