Edifício na Rua 31 de Janeiro, n.º 174 / Casa Vicent

IPA.00003889
Portugal, Porto, Porto, União das freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória
 
Arquitectura comercial, arte nova. Loja em arquitectura do ferro com referências Arte Nova e Rocaille nas formas aconcheadas e onduladas. Afinidades com a Ourivesaria Cunha e Ourivesaria Reis na mesma rua, todas elas construídas pela Companhia Aliança. Constitui um dos raros exemplares da arquitectura comercial em ferro com referências Arte Nova muito semelhante a dois outros casos de "devantures" na mesma R. Ourivesaria Cunha e Ourivesaria Reis & Filhos. O trabalho em ferro fundido assemelha-se à arte de ourivesaria da prata lavrada e cinzelada.
Número IPA Antigo: PT011312120115
 
Registo visualizado 538 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial multifamiliar  Edifício  Edifício residencial e comercial  

Descrição

A fachada principal orientada a S., confronta com a R. 31 de Janeiro com uma devanture em ferro fundido dourada. Esta é formada por uma porta central ao eixo, encimada por bandeira, ladeada por duas grandes montras de recorte ondulado. O seu contorno é constuituído por uma sucessão de grandes peças curvas, vegetalistas ou em concha, rematando ao centro, na parte superior, numa concha encimada por um elemento vegetal. Entre a concha e a bandeira da porta, cartela com a legenda "VICENT". O espaço interior mantem ainda todo o mobiliário, vitrines, balcões e candeeiros onde o dourado é uma constante.

Acessos

Santo Ildefonso, Rua 31 de janeiro, n.º 174

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, flanqueado pelas construções que definem a Rua 31 de Janeiro insere-se ao nível do r/c de um edifício de dois pisos do início do século. A O. um edifício de r/c + 2 e a E. por um de r/c + 3. As traseiras do edifício relacionam-se com a Rua da Madeira.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: edifício

Utilização Actual

Comercial: loja / Devoluto

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Companhia Aliança (const. frente de ferro fundido)

Cronologia

1914 - 1915 - fornecimento de artefactos pela Companhia Aliança à Ourivesaria Miranda & Filhos (primeiro ocupante do espaço); 1995, 24 agosto - Despacho de abertura do processo de classificação do imóvel; 2009, 23 outubro - caduca o processo de classificação conforme o Artigo n.º 78 do Decreto-Lei n.º 309/2009, DR, 1.ª série, n.º 206, alterado pelo Decreto-Lei n.º 265/2012, DR, 1.ª série, n.º 251 de 28 dezembro 2012, que faz caducar os procedimentos que não se encontrem em fase de consulta pública.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Devanture ou frente em ferro fundido; Paredes interiores forradas a papel; Tectos em estuque trabalhados e pintados; Pavimentos em soalho de madeira; Caixilhos interiores e rodapés em madeira pintada.

Bibliografia

Diários, Companhia Aliança, 1914 / 1915; A Ourivesaria no Norte de Portugal, ARPPA, Porto, 1984; Porto a Património Mundial, Porto, 1993.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGPC: DGEMN:DSID, SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

A Companhia Aliança, foi fundada no Porto em 1852 pelo Barão de Massarelos e de Gaspar da Cunha Lima. O seu nome deve-se ao comerciante estrangeiro que nela se instalou chamado Vicent. A R. 31 de Janeiro transformou-se numa importante artéria comercial no século passado. Aqui se instalaram alguns comerciantes estrangeiros como: Vicent, Delage, Buisson, etc.

Autor e Data

Isabel Sereno 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login