Paço do Casal dos Cavaleiros

IPA.00003871
Portugal, Porto, Vila do Conde, União das freguesias de Bagunte, Ferreiró, Outeiro Maior e Parada
 
Casa unifamiliar renascentista. Planta revelendo grande regularidade e equilíbrio com loggia que se abre para o logradouro da fachada posterior como autêntica varanda.
Número IPA Antigo: PT011316190044
 
Registo visualizado 122 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

Planta rectangular composta. Volumes articulados horizontalmente. A fachada principal, orientada a O., integra capela que apresenta um retábulo de talha dourada. A fachada posterior, a E., a partir da qual se avista toda a freguesia de Outeiro Maior apresenta ao nível do 1º pavimento (parte coberta pela vegetação), uma loggia, assente em colunas de mármore.

Acessos

Outeiro Maior, Rua dos Cavaleiros. WGS84 (graus décimais) lat.: 41,379507; long.: -8,647070

Protecção

Categoria: MIP - Monumento de Interesse Público / ZEP, Portaria n.º 231/2013, DR, 2.ª série, n.º 72 de 12 abril 2013

Enquadramento

Rural, em outeiro, isolado, em destaque pela situação de elevação em que se encontra, da qual se avista toda a freguesia de Outeiro Maior.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Séc. 14 / 16 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 14 - edificação da torre e construções anexas; Séc 16 / 17 - é continuada a construção do Paço, dando-lhe a feição que hoje possui; Séc 20, 2ª metade - o Paço é adquirido pela família do actual proprietário; 1989, 14 junho - proposta de classificação da Câmara Municipal de Vila do Conde; 1995, 26 setembro - proposta de abertura do processo de classificação da DRPorto; 02 outubro - Despacho de abertura do processo de instrução relativo à eventual classificação do imóvel; 2010, 10 setembro - proposta da DRCNorte para a classificação como de Interesse Público e fixação de Zona Especial de Proteção; 2011, 09 fevereiro - parecer da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a propor a classificação como Monumento de Interesse Público e de fazer coincidir a Zona Especial de Proteção com as áreas automáticas de proteção (50 metros); 18 julho - pedido de esclarecimento da DRCNorte relativamente ao parecer da SPAA do CNC à proposta de fixação da Zona Especial de Proteção; 26 outubro - parecer da SPAA do Conselho Nacional de Cultura a propor a devolução do processo da Zona Especial de Proteção à DRCNorte para as correções anteriormente deliberadas; 17 novembro - despacho do Director do IGESPAR. a devolver o processo da Zona Especial de Proteção à DRCNorte; 2012, 31 maio - nova proposta de Zona Especial de Proteção da DRC Norte; 19 outubro - publicação do Projeto de Decisão relativo à classificação como Monumento de Interesse Público, e fixação da respetiva Zona Especial de Proteção em Anúncio n.º 13604/2012, DR, 2.ª série, n.º 203.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Granito, madeira e talha, telha, colunas da loggia em mármore.

Bibliografia

FREITAS, E. de A da Cunha e GUIMARÃES, Bertino Daciano, Subsídios para uma monografia de Vila do Conde, Porto, 1953; NEVES, Joaquim Pacheco, Vila do Conde, 1991; Vila do Conde Espraiada Entre Pinhais, Rio e Mar, Paços de Ferreira, 1997.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - O proprietário do Paço do Casal dos Cavaleiros, Engº Arlindo de Azevedo Maia, é Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde, sita na Av. Dr. Artur Cunha Araújo, nº 12, 4480 Vila do Conde, telf.: 052 - 631531, 631940, fax: 052 - 633251.

Autor e Data

Isabel Sereno / Elvira Rebelo 1997

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login