Casa Solarenga na Quinta do Requeijo

IPA.00003614
Portugal, Viana do Castelo, Arcos de Valdevez, União das freguesias de Arcos de Valdevez (São Paio) e Giela
 
Palacete barroco, integrando-se planimetricamente na tipologia de casa que coloca 2 torres nas extremidades. Constitui um dos solares barrocos mais representativos do Alto Minho, tendo exercido influência noutros da região. Possui grandes dimensões e o alçado é de grande sobriedade e regularidade de desenho. Não descurou a fachada posterior, como frequentemente acontece, abrindo-o graciosamente para o exterior e à natureza por 1 arcada sobreposta por loggia. A capela deve ser já de finais de setecentos e insere-se no estilo Rocaille.
Número IPA Antigo: PT011601140006
 
Registo visualizado 280 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa  Palacete  

Descrição

Planta rectangular, composta, com 2 torres quadrangulares flanqueando o frontespício e tendo corpo central posterior mais avançado. Volumes articulados, com coberturas diferenciadas a 2, 3 e 4 águas. Frontespício com pilastras nos cunhais, sobrepujadas ao nível dos telhados por bolas sobre plintos, e pisos separados por cornija sobre pequenos modilhões; torres de 3 pisos, rasgadas por porta no 1º e janelas de sacada no 2º e 3º; ala central de 2 pisos, alternando no 1º janelas e portas e tendo no 2º portas com cornija saliente e varanda corrida. Fachada posterior de 2 pisos tendo no corpo central do 1º arcada de arcos plenos sobre pilares e no 2º colunata. Do lado esquerdo avança desde a torre corpo perpendicular. Da torre da fachada lateral esquerda passadiço comunica com capela, de planta rectangular e frontespício com cunhais de cantaria encimados por fogaréus; é coroada por frontão contra-curvado com cruz sobre plinto; rasga-a portal de arco abatido, com moldura decorada por volutas invertidas e outros elementos e janelão recortado envolvido por concha, enrolamentos e outros.

Acessos

Giela, EN 1322. VWGS84 (graus decimais): lat.: 41,850454; long.: -8,418526

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 37 366, DG, 1.ª série, n.º 70 de 05 abril 1949

Enquadramento

Rural, isolada, implantação harmónica, em propriedade da antiga Quinta do Requeijo. Ergue-se na margem esquerda do rio Vez, frente à praia fluvial e de uma outra casa também chamado do Requeijo, onde se faz Turismo de Habitação.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Devoluto

Propriedade

Privada: pessoa colectiva

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 18, meados - Época provável de construção; Era 1 vinculo da família Sousa Castro e Brito, que mais tarde e por alianças matrimoniais se uniu às casas da Torre de Aguiã, dos Rochas e Britos, da Ponte, dos Cardosos de Araújo e outras; as últimas senhoras da casa foram D. Maria Angelina de Araújo de Brito da Rocha de Aguiã, casada com Alberto Carlos de Brito e Lima e, por morte daquela, a sua filha D. Maria da Purificação de Araújo Brito e Lima da Rocha Aguiã; c. 1987 - depois da sua morte, o marido, António Alberto de Magalhães Barros Lanços Cerqueira Queirós vendeu a Quinta de Requeijo a Artur de Castro Martins por 43.000.000$00; posteriormente foi comprado pela Câmara municipal; 2002 - comprada pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), por cerca de 500 mil euros, para instalação de um Centro Residencial de Formação Empresarial e um posto de turismo rural.

Dados Técnicos

Estrutura de paredes autoportantes em alvenaria rebocada e cantaria.

Materiais

Granito, ferro. Cobertura de telha.

Bibliografia

GOMES, José Cândido, Terras de Valdevês, Arcos, 1899; AZEVEDO, Carlos de, Solares Portugueses, Lisboa, 1969; AZEREDO, Francisco de, Casas Senhoriais Portuguesas, Braga 1978; ALMEIDA, Carlos Alberto Ferreira de, Alto Minho, Lisboa, 1987; MONTE, Ana Rita, ANJE recupera solar para formação, Jornal de Notícias, 11 Agosto 2002.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

C. 1990 - Proprietário procede a obras de conservação das torres.

Observações

Existe projecto na Câmara Municipal para adaptação da Casa do Requeijo a Turismo Rural.

Autor e Data

Paula Noé 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login