Igreja Paroquial de Basto / Igreja de Santa Senhorinha

IPA.00000356
Portugal, Braga, Cabeceiras de Basto, Basto
 
Arquitectura religiosa, barroca. Igreja paroquial com planta longitudinal de uma só nave com capelas e sacristias laterais adossadas e torres sineiras flanqueando a fachada principal que termina em frontão ondulado com nicho em volta perfeita coroado por cruz latina sobre acrotério ao centro, portal encimado por frontão de volutas, e dois janelões rectangulares. Fachadas com pilastras nos cunhais terminados por empenas com pináculos e rematados por cruzes latinas. Decoração interior com retábulos de talha maneirista, tipo edícula, e barroca e azulejos seiscentistas tipo tapete e contemporâneos estampilhados. Exemplar barroco com a capela de Santa Senhorinha, obra erudita de arquitectura maneirista; Capela de São Francisco e do Senhor dos Passos revelando altares em talha de grande qualidade, assim como o tratamento dos tectos e dos painéis de azulejos seiscentistas.
Número IPA Antigo: PT010304040013
 
Registo visualizado 391 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal composta por nave e capela-mor rectangulares, sacristias e capelas adossadas lateralmente e torres quadrangulares flanqueando a fachada principal. Volumes articulados com coberturas diferenciadas em telhados de 2, 1 e 4 guas. Fachada principal harmónica com pilastras nos cunhais e frontão ondulado coroado por cruz latina sobre acrotério na empena. Portal com ombreiras e verga com moldura composta, encimado por frontão de volutas, interrompido com enrolamento; possui no tímpano abertura em forma de coração invertido de onde irrompe a base da peanha que sustenta a imagem da padroeira em nicho de volta inteira sobre pilastras, decorado com volutas e folhagem, ladeado por 2 janelões rectangulares. Torres sineiras com pilastras nos cunhais e 3 registos marcados por cornijas, com 4 sineiras em arco de volta perfeita no último, remate piramidal, com arestas reforçadas por volutas, pináculo e catavento. Adossadas à nave, à esquerda capela do Senhor dos Passos coroada por pináculos, com portal de verga recta encimado por janela rectangular e brasão dos Pereiras, sacristia velha com janelão rectangular e capela de Santa Senhorinha, delimitada por cunhais, rematada por empena, pináculos e cruz latina ao centro e janelas rectangulares nas fachadas laterais. À direita capela de S. Francisco com janelões rectangulares nas fachada laterais e na principal vão com coberto de telha encimado por nicho concheado com a imagem de S. Francisco sobrepujado por brasão, ladeado por 2 janelões rectangulares. Fachada posterior da capela-mor com empena sobrepujada por cruz de neon. Interior forrado de azulejos, coro-alto sobre plataforma assente em trave rústica, suportada por 2 mísulas, com balaustrada de madeira, sub-coro tendo colateralmente 2 vãos de arco pleno, no da esquerda pia baptismal de granito. A nave possui colateralmente 2 arcos de volta perfeita, assentes em pilastras que definem à esquerda 2 capelas laterais e à direita 1, tendo no espaço entre os arcos respectivamente 1 mísula de madeira com imagem de S. José e 1 púlpito de base quadrada assente em mísula de granito com folha de acanto e balaústres de madeira. Arco triunfal de volta perfeita tendo colateralmente 2 altares de talha e 2 mísulas de madeira. Tecto de perfil curvo em madeira. Capela-mor forrada com azulejos azuis e brancos, colateralmente um janelão rectangular e porta para as sacristias, altar-mor com retábulo em talha, apresenta painel central em tela pintada, amovível para exposição do Santíssimo, ladeado pelas imagens de Sta. Senhorinha e Sta. Godinha, encimadas pelas imagens do menino e de Nª. Srª., em estrado de granito a que se acede por 3 degraus de pedra. Tecto de perfil curvo em caixotões assente em cornija granítica, pintado com os símbolos Eucarísticos. Sacristia à esquerda com paredes de pedra, janela rectangular, pavimento e tecto de madeira, arcaz e guarda-roupa e à direita com paredes de granito com janelão rectangular, tecto e pavimento de madeira com altar.

Acessos

Lugar de Santa Senhorinha

Protecção

Em estudo

Enquadramento

Rural, situa-se num adro empedrado e murado onde se entra por portões gradeados, fechados à chave, ao lado da estrada para Basto. A pouca distância situa-se a Fonte de Santa Senhorinha (v. PT010304040010) que consta ter água com propriedades milagrosas.

Descrição Complementar

Capela do Senhor dos Passos, com paredes forradas com azulejos de tapete azuis e brancos, porta e janela rectangular para o exterior, altar com retábulo seiscentista, pavimento de granito com três túmulos rasos e tecto de madeira de perfil curvo. Capela seiscentista de Santa Senhorinha, com paredes forradas a azulejo azul e amarelo, colateralmente dois arcossólios em arco de volta inteira revestidos a azulejo com os túmulos de Santa Senhorinha, Santa Godinha e São Gervásio com as inscrições "DEBAIXO DESTA SEPULTURA IAZ O CORPO DE S.TA GODINHA AQUI IAZ O CORPO DE S.TA SENHORINHA e AQVI IAZ O CORPO DE S. GERVAZIO ESTE S. T.º FOI SEPULTADO 1403", e janelões rectangulares; altar-mor de talha seiscentista ladeado por dois pequenos anjos tocheiros e duas grades de pau preto, tecto em granito de perfil curvo em caixotões e pavimento de granito com túmulo com brasão e inscrição "A SED FRº RIBRº Dº CANTO.EDE SEV PAI E MA ERDEIROS. ANNO. 1637"; porta para a antiga sacristia que apresenta um lavabo com espaldar seicentista e pequena pia, emoldurados por painel de azulejos azuis e amarelos que desenham uma cruz latina sobre o espaldar. Capela de São Francisco com paredes forradas a azulejo azul e branco, porta ladeada por pia de água benta e mísula com imagem de Nossa Senhora da Conceição e janelões rectangulares, altar de talha seiscentista, tecto de madeira em caixotões rematados por florões.

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Braga)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1220 - A paróquia possuía já o nome de Santa Senhorinha; 1340 / 1357 - Dona Inês de Castro manda reedificar uma capela para São Gervásio; 1360 - os restos mortais já se encontravam na capela; 1403 - data existente no túmulo de São Gervásio; 1620 - Extinsão do Couto de Santa Senhorinha; 1634 - reconstrução da capela de Santa Senhorinha por Francisco Ribeiro do Canto regressado do Brasil; 1637 - Francisco Ribeiro do Canto mandou fazer a campa com brasão e inscrição que se encontra na capela de Santa Senhorinha; 1653 - data existente numa mísula na capela de São Francisco; séc. 18 - reconstrução da igreja; 1795 - O visitador refere que a tribuna da capela-mor estava em estado lastimoso; 1804 - o visitador apresenta queixa por não terem sido efectuadas obras na capela-mor e residência paroquial; 1815 - O visitador refere a necessidade de obras na igreja; séc. 19 - colocação dos azulejos azuis e brancos.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes e estrutura mista.

Materiais

Granito nas paredes, pavimentos, tectos, mísula do púlpito e do coro-alto, pias de água benta, pia baptismal, túmulos, brasões e imagens; madeira nos tectos, soalhos, púlpito, mísulas, altares, imagens, arcaz; coro-alto; bronze nos sinos; telha nos telhados e no coberto da porta exterior da capela de São Francisco.

Bibliografia

LEAL, Pinho, Portugal Antigo e Moderno, vol I, Lisboa, 1873; MONTEIRO, Dom António de Castro Xavier, Santa Senhorinha de Basto, Cabeceiras de Basto, 1982; Capela primitiva mandada fazer por D. Inês de Castro, in Diário do Minho, 12 Outubro 2006, pp. 24, 25.

Documentação Gráfica

DGEMN: DSID

Documentação Fotográfica

DGEMN: DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1960 - Substituição dos caixotões do tecto da capela-mor por contraplacados pintados; 1997 - Destruição do coro-alto barroco e substituição por outro rústico. envernizamento do tecto seiscentista da capela lateral de São Francisco. Restauro dos balaústres do púlpito.

Observações

Autor e Data

João Santos / António Dinis 1997

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login