Casa do Outeiro

IPA.00003504
Portugal, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Arcozelo
 
Arquitectura residencial, barroca. Solar barroco de planta em L irregular e integrando capela no ângulo. Cruzeiro barroco, de Família, com Cristo esculpido na Cruz, dentro da tradição dos cruzeiros do N. de Portugal, e predominando um certo carácter ingénuo. As características seiscentistas da fachada poente fazem pensar ter constituído o núcleo primitivo da casa, onde, provavelmente, na varanda alpendrada se abria a antiga entrada nobre.
Número IPA Antigo: PT011607040041
 
Registo visualizado 299 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial senhorial  Casa nobre  Casa nobre  Tipo planta em L

Descrição

Casa de planta em L, irregular, composta por vários corpos de volumes articulados com coberturas diferenciadas em telhados de 2 e 4 águas. Frontispício formado por 3 corpos, sendo o da esquerda a capela, rectangular, o do meio, sensivelmente recuado, de planta quadrangular e o da direita, volumetricamente ainda mais recuado, de planta rectangular; os alçados destes 2 últimos têm 2 pisos. Capela terminada em empena, com pilastras nos cunhais e portal simples de verga recta encimado por janela. O 2º corpo tem portal simples, janela com painel inferior em losango e pequeno, gradeamento, ladeada por 2 inscrições e encimada por uma outra janela mais baixa. O 3º tem, no alinhamento do anterior, varanda aberta assente em 6 colunas monolíticas, com guarda rematada por esfera sobre coluta no início da escada de acesso ao 2º piso, onde se abrem 1 janela e 2 portas, de molduras simples. Fachada lateral de fenestração regular com janelas de guilhotina no 2º piso. Na fachada poente, varanda alpendrada com colunas e escada de acesso. Interior sóbrio com salas de tectos de masseira, janelas conversadeiras, lareiras, etc.; destacamos a cozinha velha, de grandes dimensões, com enorme lareira entre 2 fornos, e chaminé, a toda a largura da cozinha apoiada em 2 colunas de secção quadrada com arestas facetadas. Tem ainda grande dala cantareiras e fonte de pedra. Capela com 2 lápides armoriadas no pavimento, coro-alto, abóbada de berço e retábulo branco de grande simplicidade com várias imagens sobre peanhas. Aqueduto, com c. 200 m., constituído por canal artificial que corre subterrâneo ou ao nível do solo, sobre pilares de pedra, e com cobertura direita. O cruzeiro do "Senhor dos Esquecidos", tem soco quadrangular, base paralelipípeda com losangos gravados, coluna e, sobre urbe, cruz com figura de Cristo.

Acessos

Arcozelo, EM. Transversal à EN. 202; Lugar do Outeiro

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 1/86, DR, 1.ª série, n.º 2 de 03 janeiro 1986 *1

Enquadramento

Rural, meia encosta, isolado. Integra-se numa quinta com 4 hect. de terreno agrícola, murada e toda contornada por caminhos públicos; a casa ergue-se num local previligiado, com ampla vista sobre o vale do Lima e os contornos das serras da Padela e São Lourenço da Armada até ao Gerês. A N. é delimitada por pinhal que lhe serve de pano de fundo. A entrada principal da quinta, precedida por amplo terreiro, parcialmente enquadrado pelos muros que a vedam na sua extensão o cruzeiro central é formado por pano de muro, com merlões chanfrados e bolas sobre plintos nos cunhais e o portão nobre, com pilastras apoiando a cornija, sobrepujada por pedra de armas e frontão interrompido. Para lá deste, temos outro terreiro com castanheiro, ao fundo do qual se ergue a casa.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa nobre

Utilização Actual

Comercial e turística: casa de turismo de habitação

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16 - Construção inicial da casa; séc. 17 - sofre algumas modificações; 1653 / 1654 - data de lápides tumulares na capela; 1774 - construção da capela em substituição de uma outra; 1787 - conclusão das obras de reedificação e ampliação, pelo capitão Francisco de Abreu de Lima, que lhe conferiu o aspecto geral que hoje apresenta; séc. 18, finais - ergue-se o cruzeiro, por devoção e promessa dos seus proprietários.

Dados Técnicos

Estrutura de alvenaria rebocada e cantaria.

Materiais

Granito, talha, madeira. Pavimento de lajedo e madeira e cobertura de telha.

Bibliografia

AURORA, Conde d', Roteiro da Ribeira Lima, Porto, 1959.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - DOF: Casa do Outeiro, com Capela, Terreiros, Portão, Cruzeiro e Aqueduto. O Decreto de classificação designa erroneamente lugar de Santo Ovídeo. Segundo a Memória Descritiva do Engº João de Abreu de Lima, supõe-se, que as obras não chegaram a ser concluídas, uma vez que a varanda do frontespício, prevista para ser coberta no 2º piso e com acesso por 1 lanço de escadas perpendiculares e a meio, não se apresenta segundo o esquema.

Autor e Data

Paula Noé 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login