Capela de Nossa Senhora da Penha de França

IPA.00003493
Portugal, Viana do Castelo, Ponte de Lima, Arca e Ponte de Lima
 
Capela construída no séc. 17, pela Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, em frente da cadeia, para que os presos pudessem ouvir os serviços religiosos. Apresenta pequenas dimensões, feições muito simples e linhas muito sóbrias, na tradição maneirista, com planta retangular simples e interiormente com iluminação axial e cobertura de madeira. A fachada principal termina em frontão triangular, sobreposto por sineira, sendo rasgada por portal de verga reta entre duas janelas quadrangulares e encimada por uma outra. No interior possui retábulo-mor em barroco nacional, com corpo côncavo e três eixos. Os ornatos em espiral da sineira e do acrotério da cruz, no exterior, devem datar do séc. 18. Contraste entre a simplicidade exterior e a riqueza e tamanho do retábulo-mor.
Número IPA Antigo: PT011607350036
 
Registo visualizado 255 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta retangular simples, com cobertura homogénea em telhado de duas águas. Fachada principal virada a norte, terminada em frontão triangular, coroado por pináculos piramidais com bola, e, ao centro, cruz latina sobre acrotério volutado. Sobre a empena, à direita, dispõe-se a sineira, em arco de volta perfeita, albergando sino e rematada em empena, ornada com volutados. É rasgada por portal de verga reta simples entre duas janelas quadrangulares, gradeadas. Sobre o portal abre-se ainda uma outra janela quadrangular, que interrompe a cornija inferior do remate. INTERIOR com as paredes rebocadas e pintadas de branco, pavimento em lajes de cantaria e cobertura de masseira, em madeira, formando apainelados, sobre cornija do mesmo material, com tirantes de ferro. No lado da Epístola existe altar, com nicho em arco de volta refeita, com moldura de madeira pintada, seguido de porta de verga reta. À parede testeira encosta-se o retábulo-mor, de talha dourada, de corpo côncavo e três eixos, definidos por pilastras ornadas de acantos, aves e anjos, sobre plintos paralelepipédicos decorados de acantos, alternadas com quatro colunas torsas, ornadas de pâmpanos e aves, sobre mísulas, que se prolongam pelo remate da estrutura, em igual número de arquivoltas, alternadamente lisas com acantos e torsas, unidas por aduelas no sentido do raio. No eixo central abre-se tribuna, envolvida por moldura de acantos enrolados, albergando trono de vários degraus galbados encimados por imaginária, disposta à frente de resplendor relevado. Nos eixos laterais possui nichos com abóbada em quarto de esfera, contendo mísulas para suporte de imaginária. Banco de cantaria, formada por vários plintos. Sacrário decorado por acantos, anjos, contendo na porta figura de menino relevada.

Acessos

Ponte de Lima, Alameda 25 de Abril; Rua da Porta Nova. VWGS84 (graus decimais) lat.: 41,767110; long.: -8,585145

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 8/83, DR, 1.ª série, n.º 19 de 24 janeiro 1983

Enquadramento

Urbano, flanqueado. Ergue-se sobre plataforma sobrelevada ao arruamento e sensivelmente recuado relativamente ao mesmo, precedida por larga escada de nove degraus. Implanta-se entre dois edifícios de cércea mais elevada, o da esquerda estando adossado à face exterior da antiga cerca urbana de Ponte de Lima (v. IPA.00003566), em frente à Torre da cadeia.

Descrição Complementar

Na fachada principal existe lápide, em granito polido, com a seguinte inscrição relevada: "SANTA CASA / DA / MISERICÓRDIA".

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Misericórdia

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 17 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1611 - obrigação à fábrica da capela da vila; 1613 - construção da capela da Senhora da Penha de França por João Lourenço, em frente da cadeia, para que os presos pudessem ouvir missa, visto a nova cadeia não ter oratório; séc. 18 - realização de melhoramentos na capela e feitura do retábulo-mor; 1959 - Conde d'Aurora diz que, depois de longo encerramento, a capela foi "à pouco" aberta novamente ao culto, com devoção de Nossa Senhora de Fátima.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura rebocada e pintada; pilastra, molduras dos vãos, frisos, cornijas, sineira, pináculos e cruz em cantaria de granito; pavimento em lajes de granito; teto em madeira; retábulo-mor de talha dourada; cobertura de telha cerâmica.

Bibliografia

AURORA, Conde d' - Roteiro da Ribeira Lima. Porto: 1959; CAPELA, José Viriato, As freguesias do distrito de Viana do Castelo nas Memórias Paroquiais de 1758, Braga, Casa Museu de Monção / Universidade do Minho, 2005; SMITH, Robert C. - A talha em Portugal. Lisboa: 1963.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN:DSID, SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Paula Noé 1991

Actualização

Paula Figueiredo 2001
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login