Coreto no Largo António Sérgio / Coreto do Zambujal

IPA.00034924
Portugal, Lisboa, Loures, União das freguesias de Santo Antão e São Julião do Tojal
 
Arquitetura cultural e recreativa, do século 20. Coreto de planta facetada, constituído por embasamento de alvenaria e coberto por cúpula metálica, sustentada pelo mesmo material, com acesso por escadas e por porta à zona inferior.
 
Registo visualizado 1097 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Cultural e recreativo  Estrutura de lazer  Coreto  

Descrição

Estrutura composta por embasamento de planta hexagonal, em alvenaria rebocada e pintada de branco, sendo as faces rematadas por soco e falsos cunhais em massa saliente. Tem acesso sob o palco por porta rasgada na face S., havendo um acesso direto ao palco no lado E., por escada metálica de um lanço, com guarda. Tem cobertura metálica em cúpula facetada, sustentada por armação metálica de suporte, pintados de verde, sendo o intradorso da cobertura pintado de branco. Esta é constituída por doze folhas ligadas entre si formando cúpula coroada por floreta, e esfera armilar. A face interna da cúpula é decorada com pintura representando seis liras. A cobertura é rematada na parte inferior, em todo o contorno, por aba corrida suportada por tirantes orlada por franja metálica em forma de pontas de dardos. A armação metálica que suporta a cobertura é encimada por falso friso vazado decorado com finas peças de ferro, curvas e com enrolamentos nas extremidades. A zona do palco é protegida por gradeamento metálico com elemento em forma de lira posicionado acima de cada cunhal.

Acessos

Aldeia do Zambujal, no Largo António Sérgio

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, implantado no aglomerado rural do Zambujal, no Largo António Sérgio. O largo é o principal espaço de sociabilidade do aglomerado (v. IPA.00033953). Desenvolve-se a vários níveis, e suporta funções de estar, de recreio e de circulação rodoviária. Do lado SO., o largo é enquadrado pelo edifício da antiga sede dos Bombeiros Voluntários do Zambujal (v. IPA.00034922) e por banda edificada entre dois e três pisos. Do lado N. é enquadrado por edifícios de habitação e comércio, em banda de um e dois pisos, implantada sobre plataforma elevada, pavimentada a calçada e equipada com bancos metálicos e árvores de sombra. A plataforma articula-se por escadas e rampa com os níveis inferiores. No topo O. do mesmo largo, localiza-se um chafariz em pedra (v. IPA.00034923).

Descrição Complementar

Fixada à face E. do embasamento, uma placa em pedra com a seguinte inscrição: "1947 - 1948 ESTE CORETO INICIATIVA DA DIRECÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DESTA LOCALIDADE FOI CONSTRUÍDO PELO POVO E OFERECIDO À SUA BANDA DE MÚSICA PELO SEU 85º ANIVERSÁRIO 1863 - 1948".

Utilização Inicial

Cultural e recreativa: coreto

Utilização Actual

Cultural e recreativa: coreto

Propriedade

Privada: pessoa coletiva

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1948 - construção do coreto, por iniciativa dos Bombeiros Voluntários e pago pela população, por ocasião do 85º aniversário da A Banda de Música da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Zambujal; 1988 - incluído no levantamento do património cultural construído de Loures; 1994,14 julho - o coreto encontra-se incluído no levantamento do património cultural construído de Loures de 1988, anexo ao regulamento do PDM de Loures, RCM 54/94, DR, 1.ª série-B, n.º 161 publicado nesta data; 2000 - reconstrução do coreto pela Junta de Freguesia de São Julião do Tojal.

Dados Técnicos

Sistema estrutural misto.

Materiais

Paredes da base em alvenaria rebocada e pintada; gradeamento de proteção do palco, escada de acesso e respetiva guarda em ferro pintadas; cobertura em chapa metálica pintada; porta metálica de acesso ao espaço sob o palco.

Bibliografia

Património Cultural Construído. Loures: Câmara Municipal de Loures, 1988.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

CMLoures: arquivo Divisão Planeamento Municipal Ordenamento do Território e Reabilitação Urbana

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

JFZambujal: 2000 - remodelação do espaço público envolvente.

Observações

Autor e Data

Fernanda Ferreira, Frederico Pinto, Madalena Neves e Manuel Villaverde (CMLoures) 2013 (no âmbito da parceria IHRU / CMLoures)

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login