Tholos da Nora Velha no Monte do Marchicão

IPA.00034690
Portugal, Beja, Ourique, Ourique
 
Tholos do período Calcolítico, destinado a enterramentos coletivos e posteriormente reutilizado, constituido por câmara circular, com entrada assinalada por esteio insculturado com figuras geométricas e covinhas, e por curto corredor e mamoa. A pedra de fecho possui um par de figuras antropomórficas gravadas que encontra correspondência no reportório do Vale do Tejo, nas pinturas esquemáticas encontradas em abrigos do Ocidente e do Sul da Península Ibérica, ou ainda na arte megalítica da região de Viseu (GOMES, 2004) *2.
 
Registo visualizado 58 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Funerário  Anta / Mamoa    

Descrição

Planta composta por câmara circular, delimitada por 8 esteios colocados na vertical, por corredor coberto, delimitado por 4 esteios, e mamoa. Entrada da câmara demarcada por esteio de grandes dimensões, decorado na face interna com figuras geométricas insculturadas e na face voltada para o corredor com 33 covinhas; a pedra de fecho é decorada por um par de figuras antropomórficas gravadas.

Acessos

Monte do Marchicão

Protecção

Em vias de classificação

Enquadramento

Rural, isolado, junto da Ribeira do Marchicão. Integrado no parque arqueológico do Castro da Cola (v. IPA.00006438).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Funerária: anta / mamoa

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Afectação

Época Construção

Calcolítico

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

3000 a.C., finais - 2000 a.C. - constituição do Tholos; Época do Bronze - Época do Ferro - reutilização; séc.20, meados - escavação por Abel Vianas tendo encontrado materias do calcolítico (vasos cerâmicos, um machado e uma enxó em pedra polida, pontas de seta, lâminas em sílex e contas em xisto e calaíte); 1965 - escavação por Vera Leisner tendo encontrados materiais datáveis dos Séc. 9 - 8 a.c. (fragmentos de cerâmica pintada à mão, duas urnas cinerárias, contas de colar em ouro e âmbar e um fragmento de caldeiro em bronze) *1; 1991 - escavação sendo identificado ao redor do tholos um conjunto de cinco depósitos funerários escavados na rocha que faziam parte de uma necrópole de incineração em funcionamento desde finais da 1.ª Idade do Ferro e durante um período indeterminado da 2.ª Idade do Ferro; 1995 - sondagem sendo detetada a mamoa; 2012, 02 julho - proposta de abertura do procedimento de classificação e ZEP pela DRCAlentejo; 2012, 09 julho - Despacho de abertura do procedimento de classificação pelo Diretor-Geral da DGPC ; 2013, 18 junho - Anúncio n.º 217/213 publicado no DR, 2.ª série, n.º 215, de abertura do procedimento de classificação do imóvel.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

CORREIA, susana Helena, Guia - Circuito Arqueológico da Cola, 2000 (não consultada); GOMES, Mário Varela, "A rocha 11 de Gardete (Vila Velha de Ródão) e os períodos terminais da arte rupestre do Vale do Tejo", Revista Portuguesa de Arqueologia, Vol. 7, n.º 1, 2004, pp.61-128 (não consultada); VIANA, Abel, Notas historicas, arqueológicas e etnográficas do Baixo Alentejo. Senhora da Cola, 1960 (não consultada); http://www.igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimovel/detail/17128529/ (consulta 18 junho 2013).

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

DGPC: Processos S - 03894, 2004/1(577), 79/1(054), 89/1(028)-C e S - 00158

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. *1 - o espólio encontardo nas várias escavações encontra-se no Museu Regional de Beja Rainha D. Leonor (v. IPA.00006513); *2 - segundo Mário varela Gomes os antropomorfos em "pares divinos" podem traduzir a presença de casais genesíacos, representar hierogamias ou casamentos sagrados, ou ainda gémeos primordiais e protectores, participando de uma iconografia muito conhecida no Neolítico e no Calcolítico do Leste Europeu, da Anatólia e do Próximo Oriente (GOMES, 2004).

Autor e Data

Rosário Gordalina 2013

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login