Capela de Nossa Senhora dos Remédios / Museu de Azulejaria e Etnografia Árabe

IPA.00033438
Portugal, Setúbal, Almada, União das freguesias de Caparica e Trafaria
 
Capela de planta centralizada, quadrangular, interiormente sem iluminação direta e com cobertura em cúpula. Fachadas de cunhais contrafortados, terminadas em empena reta e coberta por domo, abrindo-se na principal portal de arco apontado, de três arquivoltas, as interiores em duplo dente de serra.
Número IPA Antigo: PT031503050142
 
Registo visualizado 774 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Acessos

Lugar de Murfacém; Rua 25 de Abril de 1974

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, no interior do lugar, junto à via pública.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Cultural e recreativa: museu

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Época Construção

Séc. 12 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 12 - provável fundação do morábito; 1565 - referido nas visitações da Ordem de Santiago como Capela de Nossa Senhora da Glória; a capela ergue-se no local da antiga ermida de Nossa Senhora dos Remédios, um oratório de uma grande casa de quinta, onde os habitantes tinham licença para ouvir missa, visto o lugar ficar longe da Igreja Paroquial; 1601 - realização de um casamento na Capela de Nossa Senhora dos Remédios de Murfacém; 1619, 30 março - provisão do Arcebispo de Lisboa, D. Miguel de Castro, sobre a dotação que o seu proprietário António de Abreu Pedrosa faz de um foro de 3$000 e duas galinhas; 1627 - Ordem de Santiago dá Carta de Ermitoa da Ermida de Nossa Senhora dos Remédios de Murfacém a Catarina das Chagas de Jesus; séc. 19, finais - a capela ainda tem culto; 1922 - venda da propriedade a José Alves Barracão; 1970, princípios da década - a capela encontra-se em estado de ruína total.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Alvenaria de pedra irregular, alvenaria mista, reboco, tijoleira, cantaria de calcário, madeira.

Bibliografia

MARCOS, Maria Angélica - "Memórias do meu sítio". In Anais de Almada. Revista Cultural. Almada: Câmara Municipal de Almada, 2010, n.º 11-12. pp. 179-183; MENDES, Rui - "Património Religioso de Almada e Seixal. Ensaio sobra a sua história do século XVIII". In Anais de Almada. Almada: Câmara Municipal de Almada, 2008-2009, n.º 11-12, pp. 67-138; (http://www.mapadeportugal.net/localidade.asp?n=almada&c=1503&t=Pontos de Interesse&i=61079), [consultado em 2012-4-9].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

CMALMADA: 1973 - remodelação da capela, conferindo-lhe um estilo árabe; os trabalhos de recuperação decorrem sob responsabilidade de Mário Pires Bento, antigo Diretor Delegado dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Almada, um arquiteto da Câmara e o Capitão Correia de Campos.

Observações

EM ESTUDO.

Autor e Data

Teresa Ferreira 2012

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login