Pedreira de Valinho do Rei e Pedreira de Pidiogo

IPA.00003322
Portugal, Leiria, Batalha, Reguengo do Fetal
 
As pedreiras inserem-se num ambiente geológico único devido às suas especificidades cársicas e características originais. No local ainda conserva vestígios da extração e transporte de pedra para a construção do mosteiro de Santa Maria da Vitória.
Número IPA Antigo: PT021004020023
 
Registo visualizado 273 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Edifício e estrutura  Extração, produção e transformação  Pedreira    

Descrição

A pedreira de Valinho do Rei tem cerca de 15 metros de profundidade e uma frente com cerca de 50 metros.

Acessos

Sítio de Concajido (Pedreira de Valinho do Rei) latitude: 39.ª39'29.429''N.; longitude: -8.º45'01.525''O.; Sítio de Vale da Pedreira (Pedreira de Pidiogo) latitude: 39.º39'12.766'': longitude: -8.º44'30.463''O.

Protecção

Categoria: SIM - Sítio Interesse Municipal, Anúncio n.º 28/2014, DR, 2.ª série, n.º 22 de 31 janeiro 2014 / ZEP, Anúncio n.º 141/2017 , DR, 2.ª série, n.º 157 de 16 agosto 2017

Enquadramento

Rural, isolado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Extração, produção e transformação: pedreira

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Afectação

Época Construção

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 14 - extração de pedra nas pedreiras de Valinho do Rei, Pidiogo e Reguengo do Fetal para a construção do Mosteiro de Santa Maria da Vitória, ou da Batalha (v. IPA.00004061); 1755 - utilização da pedra das pedreiras para as obras de recuperação do mosteiro, após o terramoto de 1 de novembro; 2013, 28 fevereiro - despacho municipal determinando a abertura do procedimento de classificação das Pedreiras Históricas de Valinho do Rei e Pidiogo, como imóveis de interesse Municipal; 03 abril - publicação do Aviso n.º 4549/2013, DR n.º 65, 2ª série, declarando a determinação do Município da Batalha de proceder a abertura do procedimento de classificação das Pedreiras; 05 setembro - publicação do projeto de decisão de classificar a Pedreira de Valinho do Rei e a Pedreira de Pidiogo, como Sítio de Interesse Municipal, em DR, 2.º série, n.º 171, anúncio n.º 11073/2013.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

Rota das Pedreiras Históricas (http://www.cm-batalha.pt/noticias/rota-das-pedreiras-historicas), [consultado em 05-04-2013]; SYR - Batalha: Rota das pedreiras históricas quer dar a conhecer locais onde foi extraída pedra para a construção do mosteiro (http://sicnoticias.sapo.pt/Lusa/2010/12/23/batalha-rota-das-pedreiras-historicas-quer-dar-a-conhecer-locais-onde-foi-extraida-pedra-para-a-construcao-do-mosteiro-cfotos-e-video), [consultado em 05-04-2013]; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/18318421 [consultado em 2 janeiro 2017]; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/15319965 [consultado em 2 janeiro 2017].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - A Câmara Municipal da Batalha pretende elaborar a "Rota das Pedreiras Históricas" para dar a conhecer os locais onde foi extraída a pedra para a construção do Mosteiro de Santa Maria da Vitória. A rota, com cerca de nove quilómetros, contemplará a passagem pelas três pedreiras, atualmente sem extração, e onde se pretende criar pequenos espaços interpretativos para explicar como era feita a exploração da rocha e, depois, transportada em carros de bois para o mosteiro.

Autor e Data

Paula Noé 2013

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login