Ermida de São Sebastião

IPA.00003295
Portugal, Leiria, Caldas da Rainha, União das freguesias de Caldas da Rainha - Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório
 
Arquitetura religiosa, maneirista e barroca. Capela de pequenas dimensões de planta longitudinal, orientada, com tecto de madeira na nave e abóbada na capela-mor. Simplicidade e severidade das fachadas retilíneas dinamizada pela linguagem dinâmica e transfiguradora do revestimento azulejar, que se integra de forma notável nos acidentes arquitetónicos e escultóricos do interior.
Número IPA Antigo: PT031006030009
 
Registo visualizado 620 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal, composta, formada pelo retângulo da nave e pelo rectângulo menor da capela-mor, a E.; a N. adossa-se a faixa estreita rectangular da sacristia. Os volumes diferenciados da capela têm cobertura homogénea de duas águas. Fachadas rasgadas por 2 portas de molduras lisas e vão rectangular, a da fachada principal com verga rectilínea saliente, encimada por janela de vão rectangular, abaixo da empena triangular. INTERIOR de nave única, coberta por tecto em madeira apainelado de três panos, abre para a capela-mor, coberta por abóbada de berço, através de arco triunfal de volta perfeita sobre pilastras toscanas. Um púlpito em madeira adossa-se à parede N., em frente à porta travessa; sobre o portal principal sinais da existência de um coro-alto, entretanto demolido.

Acessos

A NE. da Praça da República, confinando com a Rua José Malhoa, Largo José Malhoa e Rua da Nazaré

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 29/84, DR, 1.ª série, n.º 145 de 25 junho 1984 *1

Enquadramento

Urbano. Junto à Praça, do seu lado NE., com a porta travessa abrindo para o largo Malhoa e a porta principal para a rua do mesmo nome, adossada ao casario do lado N..

Descrição Complementar

RECHEIO - As paredes da nave e capela-mor são totalmente revestidas de azulejos em azul e branco (à excepção de parte da parede sobre a porta principal), com cenas da vida de São Sebastião, enquadradas por cercaduras com elementos arquitectónicos, grinaldas e putti, sobre um rodapé marmoreado, com figuração de troféus e plumas, atribuídos à parceria Bartolomeu Antunes-Nicolau de Freitas (Meco, p. 232). Retábulo do altar-mor em talha branca e dourada, com dupla colunata coríntia recebendo frontão contracurvado e tribuna rasgada, com a imagem de São Sebastião sobre trono.

Utilização Inicial

Religiosa: ermida

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

séc. 16 - construção da ermida pela Câmara com a ajuda dos moradores, da qual resta um fecho da abóbada esculpido, encaixado na parede exterior caleada, do lado S.; séc. 18, inícios - remodelação da primitiva ermida; 1745, cerca de - revestimento azulejar da capela; séc. 18, finais - construção de um coro-alto, com consequente prejuízo do painel de azulejos, que estabelecia a comunicação por passadiço com o palácio da Rainha, então existente do outro lado da rua.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Cantaria e alvenaria rebocada e caiada; betão; telha cerâmica, azulejos, madeira, ferro, vidro.

Bibliografia

AMORIM, Pe. Miguel de, Duas capelas caldenses, notas históricas, Caldas da Raínha, 1971; MECO, José, O Azulejo em Portugal, Lisboa, 1989; PAULO, Jorge de São, Antiguidades das Caldas da Raínha e do Tempo da Raínha D. Leonor,Caldas da Raínha, 1959; SEQUEIRA, Gustavo de Matos, Inventário Artístico de Portugal, vol. V, Lisboa, 1955.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1984 - Demolições: telhado e tecto e respectiva estrutura de madeira; paredes em alvenaria de pedra, coro e escada de madeira de acesso; piso em madeira da nave; construção de uma cinta de travamento em betão armado ao longo das paredes; execução de cumeeira em betão armado, assentamento de laje em betão pré-esforçado; telhado em telha lusa, beirado duplo, rufos em zinco; tapamento de 2 vãos de porta com paredes de alvenaria e levantamento de cantarias (antecâmara da sacristia e acesso ao coro-alto); transformação do vão existente sobre a porta principal em vão de janela; substituição de cantarias nas portas principal e lateral da igreja e na porta da sacristia; rebaixamento da verga do vão da janela da fachada principal, para montagem do tecto de madeira; levantamento dos degraus na escada exterior, demolição do maciço da escada e recosntrução em betão ciclópico; assentamento de degraus em cantaria; levantamento de azulejos, picagem das paredes, reassentamento dos azulejos sobre novo reboco; limpeza das cantarias do arco cruzeiro e gateamento das cantarias; 1985 - picagem dos rebocos exteriores, novo reboco e pintura; limpeza dos vãos, tomada de juntas; construção de portas exteriores e de caixilhos em madeira, vidros e ferragens; reparação da porta principal; portadas em madeira para as janelas da sacristia; assentamento de rede na janela da capela-mor; portão de acesso à entrada da sacristia; assentamento de degraus na escada de acesso à sacristia. Picagem de rebocos interiores, no tecto da abóbada da capela-mor, paredes da capela-mor, sacristia e anexos; construção de tecto apainelado em madeira, com pintura a esmalte; limpeza e refechamento de juntas no pavimento em laje de cantaria da capela-mor, com substituição de lajes partidas; levantamento de pavimentos em tijoleira, lajedo ou betonilha; execução de um maciço em betão ciclópico para assentar a escada da porta principal, com demolição da existente; construção de caixa de fundação em cascalho e massame em betão ciclópico, para assentamento de tijoleira e lajedo; assentamento de lajedo de cantaria em faixas laterais de remate, junto à entrada; assentamento de tijoleira cerâmica; raspagem da pintura e envernizamento da guarda do púlpito e da teia do arco cruzeiro; reparação de portas interiores; instalação eléctrica.

Observações

*1: DOF: Ermida de São Sebastião a NO. da Praça da República.

Autor e Data

Isabel Mendonça 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login