Império do Espírito Santo da Ribeirinha / Império Amarelo

IPA.00032853
Portugal, Ilha do Faial (Açores), Horta, Ribeirinha
 
Arquitetura religiosa, do séc. 20. Império de planta retangular, interiormente de espaço único, construído sobre despensa. Apresenta as fachadas terminadas em cornija reta, a principal encimada por duplo frontão separado por cornija, ornado de volutas, sobreposto pela Coroa do Espírito Santo, e rasgada por três eixos de vãos, sendo os elementos estruturais e decorativos em argamassa, sublinhados por policromia amarela, de sabor popular. Nas fachadas laterais abrem-se dois vãos semelhantes.
Número IPA Antigo: PT072002120058
 
Registo visualizado 241 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Império    

Descrição

Planta rectangular simples, com cobertura homogénea em telhados de duas águas. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, com faixa a vermelho e cunhais, frisos, cornijas e molduras dos vãos em argamassa pintados de amarelo. Fachada principal virada a NE., com cunhais apilastrados e terminada em cornija reta sobreposta por duplo espaldar recortado, separados por cornija reta, e delimitados por volutas, coroado por acrotério piramidal sustentado a coroa do Espírito Santo; sobre os cunhais e a cornija da primeira secção do espaldar dispõem-se pináculos piramidais assentes em altos plintos paralelepipédicos. É rasgada por três vãos em arco de volta perfeita, sobre pilastras e de fecho fitomórfico relevado, correspondendo a portal entre duas janelas de peitoril, todos com bandeiras envidraçadas. Fachadas laterais terminadas em cornija e rasgadas por duas janelas de peitoril iguais às da frontaria.

Acessos

Rua da Igreja

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, parcialmente adossado. Ergue-se numa plataforma sobrelevada ao arruamento frontal, precedida por vários degraus de perfil curvo e protegida por guarda em balaustrada, pintada de branco e ocre, formando adro e aproveitada inferiormente para as instalações da copa ou despensa do Império.

Descrição Complementar

O espaldar da fachada principal possui filacteras relevadas inscritas, a inferior com "I. C. RIBEIRINHA - E. S" e a superior com a data de 1955.

Utilização Inicial

Religiosa: império do Divino Espírito Santo

Utilização Actual

Religiosa: império do Divino Espírito Santo

Propriedade

Privada: Confraria / Irmandade

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1955 - data inscrita no tímpano assinalando a construção do império; 1998, 9 julho - sismo causa grandes danos no império.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura rebocada e pintada; cunhais, frisos, cornijas, filacteras e molduras dos vãos em argamassa pintada; portas de madeira; vidros simples; cobertura de telha.

Bibliografia

Guia do Património Cultura dos Açores, Faial, pg. 132, ISBN:972-96057-1-8, 1ª edição, 2003; http://pg.azores.gov.pt/drac/cca/inventario/faial, janeiro 2012.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1998, depois - obras de conservação.

Observações

EM ESTUDO. *1 - Neste império realizam-se geralmente duas coroações em honra do Divino Espírito Santo, uma no domingo do Espírito Santo e outra na segunda ou na terça-feira do Espírito Santo.

Autor e Data

Paula Noé 2012

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login