Capela de São Lourenço

IPA.00003278
Portugal, Leiria, Bombarral, Roliça
 
Capela de solar renascentista, maneirista e rococó, com planta retangular composta por nave com tecto em madeira, capela-mor com abóbada de nervuras, com bocetes e mísulas com motivos escultóricos renanscentistas; proporções maneiristas do portal e do enquadramento do arco triunfal. Silhares de azulejos utilizando gramática ornamental rococó. Inicialmente capela privada do vizinho solar dos Melo e Castro, com ele tendo tido comunicação, situa-se no exterior do mesmo, adossada ao muro que o separa do largo fronteiro. Revestimento de azulejo, formando lambrim em todo o templo, com cartelas emoldurando cenas da vida de São Lourenço, do séc. 18 e capela-mor com azulejos policromados e azuis e brancos de vários tons provenientes de vários aproveitamentos, dos sécs. 17 / 18.
Número IPA Antigo: PT031005030006
 
Registo visualizado 124 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal composta pelo rectângulo da nave e pelo quadrado da capela-mor a que se adossa a O. o pequeno rectângulo da sacristia, a E. um alpendre de planta quadrada; volumes articulados com coberturas diferenciadas em telhados de 1, 2 e 3 águas. Fachada principal virada a E., com empena triangular com cruz no topo; alpendre adossado com travejamento à vista, assente em colunas toscanas e silhar de azulejos com as armas dos Melos, com ornatos rococó; sobre o portal, com pilastras nas jambas, lintel e frontão em arco abatido repetem-se as armas relevadas dos Melos. Brasão de armas em pedra da região, escudo esquartelado, com armas de: I - Melos; II e III Juzartes; IV - Castros (mal interpretados). Elmo posto de frente, com seu paquife, e com timbre, três compassos. INTERIOR de nave única coberta por tecto em madeira, paredes com silhar de azulejos marmoreados azuis e cercaduras rococó em castanho com cenas da vida de São Lourenço, intercaladas com painéis com anjos segurando cartelas com dizeres latinos alusivos ao padroeiro. A nave abre para a capela-mor por arco redondo, rematando as pilastras laterais numa cimalha com lacrimal, separando-as uma teia de balaústres com confessionários incorporados. A capela-mor, com silhares seiscentistas, de cercadura polícroma, com cenas da vida de Santo António, meninos alados com cestos de flores à cabeça e azulejos de figura avulsa, em azul, aqui adaptados posteriormente, é coberta por abóbada de nervuras descarregando sobre mísulas, com as armas dos Melos na chave central. Altar-mor em talha polícroma, com colunas laterais coríntias e frontão contracurvado, com concheados no tímpano, enquadrando uma tela alusiva ao orago; sanefas de talha idêntica estão colocadas sobre as 2 portas de acesso à sacristia, dos dois lados do altar-mor. Na sacristia os azulejos do silhar mostram marmoreados em azul, com cercadura de ovalados em castanho. Iluminam o interior 2 pequenas janelas quadradas gradeadas dos 2 lados da porta, uma janela rectangular no alçado N. da nave, outra na capela-mor.

Acessos

Largo principal do lugar de São Mamede, junto à Estrada do Bombarral para as Caldas da Rainha

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 2/96, DR, 1.ª série-B, n.º 56 de 06 março 1996 *1

Enquadramento

Urbano, no largo principal da aldeia, com a fachada S. adossada ao muro que delimita o solar dos Melos e Castro (v. PT031005030006).

Descrição Complementar

ELEMENTOS DECORATIVOS - Inscrição em lápide na parede da fachada principal: Martim Afonso de Melo que na Índia serviu este reino 28 anos na paz e na guera mandou fazer esta capela de San Louremço, por o livrar dun gran perigo no mar. jaz na miziricordia de Lixboa. faleceo a 26 de Março 1550 anos. O brasão dos Melos repete-se em 5 chaves da abóbada da capela-mor, sobre o frontão da porta e no silhar de azulejos do alpendre: escudo peninsular esquartelado com as insígnias dos Melos no primeiro quartel, dos Jusartes no segundo e terceiro e dos Castros (legítimos) no quarto ...elmo gradeado ...de frente ou 3/4 à dextra...timbre constituído por três compassos e ainda por paquife e virol (V. Montez).

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Centro Hospitalar das Caldas da Rainha

Época Construção

Séc. 16 / 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16, década de 40 - fundação por Martim Afonso de Melo, capitão da Índia, também conhecido como Martim Afonso de Melo Jusarte; 1794 - um seu descendente, António de Lobo e Melo, deixou os seus bens, incluíndo a capela, à Santa Casa da Misericórdia, que, não os querendo aceitar, os cede ao Hospital Real das Caldas da Raínha; séc. 18, 3.º quartel - revestimento azulejar da nave, sacristia e galilé.

Dados Técnicos

Estrutura mista na capela-mor, paredes autoportante nos restantes espaços.

Materiais

Cantaria e alvenaria rebocada, telha cerâmica, madeira, azulejos, vidro.

Bibliografia

CÂMARA, Maria Teresa Bettencourt da, Óbidos, Arquitectura e Urbanismo (Sécs. XVI e XVII), Tese de mestrado, UNL, Lisboa, 1986; GEPB, Martim Afonso de Melo Jusarte, vol. XIV, Lisboa, s.d.; GUEDES, José B., Patriarcado de Lisboa, Comissão de Arte Sacra, Inventário Artístico, s.l., 1972; Memórias históricas e diferentes apontamentos àcerca das antiguidades de Óbidos..., Lisboa, 1985; MONTEZ, A. J. Vieira, Memória descritiva da capela de São Lourenço no lugar de São Mamede, Caldas da Raínha, 1985.

Documentação Gráfica

CMBombarral

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

CMBombarral

Intervenção Realizada

CMBombarral: 1995 - recuperação da cobertura com a substituição do madeiramento, limpeza e substituição de telhas; rebocos e fixação de painéis de azulejos; consolidação e limpeza dos elementos de alvenaria; reposição do pavimento e pintura.

Observações

*1 - DOF: Capela de São Lourenço, incluindo todo o seu recheio.

Autor e Data

Isabel Mendonça 1992

Actualização

Cecília Matias 2011
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login