Igreja Paroquial de Cedros / Igreja de Nossa Senhora do Pilar

IPA.00032453
Portugal, Ilha das Flores (Açores), Santa Cruz das Flores, Cedros
 
Arquitectura religiosa.
Número IPA Antigo: PT072006020010
 
Registo visualizado 282 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja  

Descrição

Acessos

Cedros

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Angra)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 / 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1715, cerca - segundo o padre António Cordeiro, cerca de trinta vizinhos solicitam ao bispo de Angra, D. Frei Clemente Vieira, que permitisse a desanexação, pondo-lhes um pároco que continuamente lhes assistisse; para tal ofereciam-se a erigir à sua custa uma igreja da invocação de Nossa Senhora do Pilar; o capitão donatário, D. Martinho Mascarenhas, 6.º conde de Santa Cruz, fez chegar ao bispo a sua concordância, oferecendo-se para fazer e ornar a capela-mor do novo templo e para doar a imagem da Senhora do Pilar; 1690 - o deão da Sé, entretanto vacante por falecimento do bispo, decide emitir o necessário alvará; 1693, 9 julho - elevação a paróquia do lugar de Cedros, sendo o seu primeiro pároco o padre Domingos Furtado de Mendonça, com o rendimento anual 24$000, duas partes em trigo e uma em dinheiro, de que se fazia pagamento à custa da Comenda das Ilhas das Flores e Corvo, então pertença do conde de Santa Cruz; 1693 - conclusão da igreja, tendo o conde capitão donatário contribuído para a capela-mor; 1719 - ampliação da igreja; duas lápides foram encontradas aquando da demolição da igreja, uma ostentando o brasão de D. Martinho Mascarenhas e a outra uma cruz rematada com as datas de 1693 e 1719; 1822 - reedificação da igreja; 1868 - um relatório do governador civil do distrito da Horta, António José Vieira Santa Rita, considera-a em mau estado de conservação, com os paramentos e ornamentos muito deteriorados, e desprovida de cemitério, pelo que os enterramentos eram feitos no adro; 1945, Setembro - demolição da velha igreja, por falta de solidez, sendo o serviço religioso transferido para a Casa do Espírito Santo vizinha; 1950, 22 janeiro - lançamento da primeira pedra da edificação da igreja por iniciativa do vigário, Padre José Maria Alvares; 1953, 18 julho - inauguração da igreja, presidindo à bênção o padre João de Fraga Vieira, vigário da Lomba; depois da missa houve a transferência do Santíssimo Sacramento da Casa do Divino Espírito Santo para o novo templo.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes autónomas.

Materiais

Estrutura em alvenaria de pedra; cobertura de telha.

Bibliografia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_São_Roque_(Cedros), outubro 2011; http://pt.wikipedia.org/wiki/Cedros_(Santa_Cruz_das_Flores), outubro 2011.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. Nossa Senhora do Pilar, constitui o orago da paróquia, embora seja mencionado São Roque.

Autor e Data

Paula Noé 2011

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login