Ermida de Santo André

IPA.00032418
Portugal, Évora, Viana do Alentejo, Viana do Alentejo
 
Ermida tardo mudéjar, setecentista e vernacular, de planta poligonal composta por nave e capela-mor, com cobertura em telhado de duas águas na nave e em cúpula e agulha piramidal na capela-mor. A fachada principal, que possuiria galilé, foi reformulada seguindo o modelo comum, com pano único rematado por frontão triangular e pórtico central com duas pequenas janelas colaterais. As fachadas laterais são contrafortadas, com sistema de arcadas cegas e gigantes, característico da arquitectura religiosa vernacular, alentejana. No interior cobertura em abóbada de arco de volta perfeita na nave e em cúpula sobre trompas na capela-mor; arco triunfal inserido em alfiz, de tradição mudéjar.
Número IPA Antigo: PT040713020042
 
Registo visualizado 391 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta poligonal composta por nave e capela-mor. Volumes articulados, massas dispostas na horizontal com cobertura diferenciada em telhado de duas águas na nave, em cúpula e agulha piramidal na capela-mor. Fachada principal a O. com remate em empena com cruz no vértice e pináculos nos acrotérios; ao centro rasga-se o pórtico, adintelado, com molduras pétreas, ladeado por duas pequenas janelas; luneta axial. Fachadas laterais ritmadas por três arcadas cegas, intervaladas por contrafortes. INTERIOR: nave retangular com cobertura em abóbada de volta perfeita e pavimento de ladrilho; do lado da Epístola bancada de alvenaria. Arco triunfal de volta perfeita, chanfrado, inserido em alfiz; capela-mor com cobertura em cúpula sobre trompas; altar-mor de alvenaria escaiolada com nicho central, de arco envieirado sobre jambas apilastradas decoradas por trança.

Acessos

R 384, ac. de 770m a E. da povoação, à mão esquerda.

Protecção

Enquadramento

Periurbano, isolado e em destaque no Cemitério Público (v. PT040713020043). No pequeno adro fronteiro cruzeiro de calcário. A 1,150m, a N. o Santuário de Nossa Senhora de Aires (v. PT040713020013) e, a NE., a Capela do Cruzeiro (v. PT040713020005).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: ermida

Utilização Actual

Funerária: capela mortuária

Propriedade

Afectação

Época Construção

Séc. 17 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1707 - já existia a capela; 1872 - encontrando-se desafecta ao culto e possívelmente ao abandono, passa servir de capela do cemitério Público (v. PT040713020043), após obras de recuperação, a instâncias do benemérito Dr. António José de Sousa, durante as quais terá provavelmente sido apeada a galilé com o púlpito.

Dados Técnicos

Estrutura contrafortada

Materiais

Bibliografia

ESPANCA, Túlio, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Évora, Vol. IX, Lisboa, ANBA, 1978.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO

Autor e Data

Rosário Gordalina 2011

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login