Capela de Nossa Senhora da Penha

IPA.00003210
Portugal, Portalegre, Portalegre, União das freguesias da Sé e São Lourenço
 
Arquitectura religiosa, barroca. Capela de barroco popular.
Número IPA Antigo: PT041214080019
 
Registo visualizado 276 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta longitudinal de nave única, volumes articulados da capela-mor e campanário; massas dispostas na vertical. Fachada principal de 2 registos, o inferior de 3 panos definidos por pilastras-contraforte munidas de capitéis e altas bases; no centro rasga-se o portal de frontão triangular encimado por cruz e rematado de corucheús nos ângulos; registo superior definido por friso quadrúplo e frontão triangular moldurado em cujo tímpano se rasga óculo de iluminação; remate em campanário e nos ângulos coruchéus piramidais; na pilastra-contraforte lateral esquerda, embebe-se o corpo de um casinhoto de telhado de uma água munido de sineira de aletas; o extremo muro direito prolonga-se além da pilastra-contraforte lateral que se repete no extremo desta fachada; Interior: capela-mor elevada com acesso por arco triunfal de volta perfeita assente em capitéis moldurados; cobertura em cúpula, definindo o espaço em semi-círculo, com pinturas murais no intradorso figurando o orago coroado por Cristo e pelo Pai-Eterno e circundado de corte de anjos músicos e cantores; dois altares colaterais de alvenaria pintada e dourada.

Acessos

IP2, que segue para Alpalhão, voltar à direita, com sinalização. WGS84 (graus decimais) lat.: 39,297550; long.: -7,442345

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 8/83, DR, 1.ª série, n.º 19 de 24 janeiro 1983

Enquadramento

Urbano. Pequeno adro murado diante da fachada principal, com acesso por escadaria de dois lanços.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Portalegre - Castelo Branco)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1620 - edificação da primitiva ermida por um ermitão, sendo posteriormente demolida e substituida por uma capela, de invocação a Nossa Senhora da Penha, por vontade de João Zuzarte da Fonseca, corregedor de Portalegre; 1635 - conclusão da construção; anos depois entrou sob a alçada jurídica dos Padre Agostinhos descalços.

Dados Técnicos

Materiais

Estruturas de alvenaria no paramento dos muros cantaria em molduras de vãos e remates; coberturas em telhado de 2 águas; revestimentos a cal branca pintada de azul na marcação de pilastras, frisos e cornijas; azulejos no interior da capela-mor.

Bibliografia

BAPTISTA, José Maria, Chorographia Moderna do Reino de Portugal, vol. V, Lisboa, 1876; KEIL, Luís, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Portalegre, vol. I, Lisboa, 1940.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Da primitiva ermida restam talvez alguns paramentos de muro.

Autor e Data

Rosário Gordalina 1992

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login