Fortificações de Monsaraz

IPA.00030751
Portugal, Évora, Reguengos de Monsaraz, Monsaraz
 
Arquitectura militar, medieval e seiscentista. Fortificação
Número IPA Antigo: PT040711030048
 
Registo visualizado 912 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Edifício e estrutura  Militar  Castelo e cerca urbana / Fortaleza    

Descrição

Planta oval irregular alongada, orientada segundo um eixo longitudinal NE. - SO., constituída pela articulação horizontal de castelo de planta pentagonal, implantado no topo SO., com cerca urbana amuralhada e sistema fortificado de reforço adossado ao paramento SE. da cerca, constituído por revelim de três baluartes, antecedidos por escarpada cortina e flanqueados por grande forte conectado por túneis, de planta rectangular. A cerca corre em linha de nível de cota estável, apenas com dois cubelos circulares nos vastos paramentos NO. e SE., e a Porta da Vila flanqueada de torres circulares, a torre O., designada de Torre do Relógio *2, com cobertura em cúpula piramidal e sino com inscrição de 1692. A cerca integra ainda a Porta da Vila, Porta d' Évora a N., Porta d'Alcoba,a S. e a Porta do Buraco a SO. destinada à protecção da cisterna. INTERIOR: o cubelo O. da Porta da Vila tem tecto nervurado.

Acessos

Rua da Guarda, Rua de Santo António

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto n.º 516/71, DG, 2.ª série, n.º 274 de 22 novembro 1971 *1 / ZEP, Portaria, DG, 2.ª série, n.º 187 de 14 agosto 1951

Enquadramento

Urbano, em destaque no cume de cabeço.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Militar: castelo e cerca urbana / fortaleza

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

DRC Alentejo, Portaria nº 829/2009, DR, 2ª. Série, nº 163 de 24 de Agosto de 2009

Época Construção

Séc. 13 / 14 / 17

Arquitecto / Construtor / Autor

ENGENHEIROS MILITRES: Nicolau de Langres e Jean Gillot (sistema de fortificações de 1644); SINEIROS: Diogo de Abalde e Domingos de Lastra

Cronologia

Séc. 13 - núcleo fundador do castelo; séc. 14 - cerca amuralhada; 1644 - sistema de defesa tipo Vauban por Nicolau de Langres e Jean Gillot; 1692, 02 de Maio - fundição do sino de bronze da Torre do Relógio na Couraça do Poço d'el Rei, por Diogo de Aballe e Domingos de Lastra; 1946, 02 janeiro - Decreto n.º 35 443 de classificação como MN - Monumento Nacional do Prédio militar n.º1 denominado Fortificação da Praça de Monsaraz, DG, 1.ª série, n.º 1; 2011, 05 de Março - apresentação pública do projecto de obras de requalificação da Torre do Relógio, promovido pela autarquia, candidatado ao programa Eixo 2 - Desenvolvimento Urbano - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

COSTA, Carvalho da, Corografia Portuguesa, Tomo II, p.517, Lisboa, 1706; LANGRES, Nicolau de, Desenhos e Plantas de todas as Praças do reyno de Portugal, c. 1661 (BN Códice 7445); MATOS, Gastão de Melo de, Nicolau de Langres e a sua obra em Portugal, Lisboa 1941; 1958; GONÇALVES, José Pires, Monsaraz e o seu termo, Boletim da Junta Distrital de Évora, nº 2 e 3, Évora, 1961 / 1962; ESPANCA, Túlio, Inventário Artístico de Portugal- Distrito de Évora, Vol. 19, Lisboa, 1978; ARMAS, Duarte de, Livro das Fortalezas, INAPA, 1990.

Documentação Gráfica

HRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DREMS; BNL: [Monsaraz], Nicolau de Langres, [Séc. XVII]; GEAEM: Planta da praça de Monsaraz, Miguel Luís Jacob, 1755

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA, DGEMN/DSID, DGEMN/DREMS

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID, DGEMN/DREMS, DGEMN/DSARH

Intervenção Realizada

CMRM / Monumenta - Conservação e Restauro do Património Arquitectónico, Lda: 2011- empreitada de "Recuperação de Imóveis em Monsaraz - Torre do Relógio", no valor de c. de 89 mil euros com prazo de execução de três meses: trabalhos de recuperação e conservação dos pisos, das zonas do sino e do topo da torre, incluindo reposição de elementos de tijolo, partidos ou em falta; tratamento geral de juntas, rebocos e caiações, reparação dos suportes do sino e do cabeçote de madeira, da escada de acesso exterior e do muro adjacente e da porta de entrada da torre; 2018 - início das obras de requalificação do castelo, orçadas em 1,36 milhões de euros e sendo 75% financiados por fundos comunitários, que permitirão finalizar a recuperação das muralhas da cerca da vila e criar um percurso pedestre, no exterior e interior, interligado ao Centro Interpretativo da História Judaica em Monsaraz; as obras contemplam ainda a reabilitação do caminho da barbacã exterior e reabertura da porta sul do castelo e a sua ligação à barbacã sul, bem como a recuperação do pátio da Casa da Inquisição.

Observações

EM ESTUDO. *1 - amplia a anterior classificação a Fortificações e todo o conjunto intramuros da vila de Monsaraz; *2 - A Torre do Relógio serviu de cenário para o romance histórico "As Horas de Monsaraz", de Sérgio Luís de Carvalho (Campo das Letras, 1997).

Autor e Data

Rosário Gordalina 2011

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login