Cruzeiro de Loures

IPA.00003069
Portugal, Lisboa, Loures, Loures
 
Arquitectura religiosa, manuelina. Cruzeiro de raiz manuelina, reconstruído, de tipo funerário ou de intenção litúrgica, sem alpendre. Possui base oitavada estrelar com anéis, coluna prismática de secção octogonal, capitel vegetalista e cruz latina com florões nos topos e vértices denteados. Cruzeiro reconstruído a partir dos fragmentos originais manuelinos: degraus, base, capitel e cruz, sendo nova a coluna.
Número IPA Antigo: PT031107070003
 
Registo visualizado 1759 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Religioso  Cruzeiro  Cruzeiro paroquial  Tipo coluna e cruz

Descrição

Sobre soco formado por 3 degraus octogonais escalonados de focinho boleado, assenta base oitavada com plinto e escócia facetada com anéis. O fuste é constituído por coluna prismática octogonal lisa, seguida de fino astrágalo e capitel de folhagem relevada. O remate é uma cruz latina, com hastes sensivelmente denteadas no perímetro exterior e com remates arredondados de elementos naturalistas, com folhagem estilizada.

Acessos

Largo da Igreja. WGS84 (graus decimais) lat.: 38,832316; long.: -9,179418

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto de 16-06-1910, DG, 1.ª série, n.º 136 de 23 junho 1910

Enquadramento

Peri-urbano. Implanta-se, isolado, em lg. empedrado, plano, fronteiro à Igreja Matriz ( V. PT031107070002 ) e junto à Casa do Adro / Museu e Biblioteca Municipal ( v. PT031107070043)

Descrição Complementar

No capitel e nos topos da cruz decoração arquitectónica de folhas de hera.

Utilização Inicial

Religiosa: cruzeiro

Utilização Actual

Religiosa: cruzeiro

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 16 - data provável do Cruzeiro, dadas as características formais e estilísticas do mesmo; 1848 - o cemitério localizava-se no adro da Igreja Matriz, erguendo-se aí o Cruzeiro. Nessa data, e devido à proibição de enterrar nas igrejas, dividiu-se o adro e o Cruzeiro foi deslocado para um dos lados, ficando no meio do cemitério; 1910 - com a implantação da República e o clima anti-religioso, o cruzeiro foi quebrado e os seus fragmentos dispersos, ainda que posteriormente recolhidos; 1939 - o adro (antigo cemitério) foi limpo para as festas de Nossa Senhora do Cabo, tendo sido arrancadas as lajes sepulcrais e a peanha do cruzeiro que foi mandado restaurar pelo Pe. Álvaro Proença e colocado onde actualmente se encontra, defronte do portal principal da Igreja Matriz, reaproveitando os fragmentos existentes: os degraus, a base, o capitel e a cruz, que estava partida em três partes; 1940, 14 Julho - o Cruzeiro foi benzido pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, aquando da visita pastoral a Loures; 1967, Novembro - grande inundação que destruiu o adro da Igreja Matriz, provocando o desmonte provisório do Cruzeiro.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante

Materiais

Calcário

Bibliografia

LEAL, Joaquim José da Silva Mendes, Admirável Igreja Matriz de Loures, Lisboa, 1909; PROENÇA, Pe. Álvaro, Subsídios para a História de Loures, vol. 1, Loures, 1940; s.a, Património Artístico do Concelho de Loures, Vida Rural, Lisboa, nº 700, 15 Out. 1966, p. 34; CHAVES, Luís, Os Pelourinhos e os Cruzeiros in Arte Portuguesa (As Artes Decorativas), Lisboa, s.d.; MARQUES, Manuel Gustavo Fernandes, Loures: Tradição e Mudança (...), Loures, 1986.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

1939 - o Padre Álvaro Proença mandou reconstruir o Cruzeiro a partir dos fragmentos manuelinos, acrescentando-lhes novo fuste; 1967 - desmonte do cruzeiro, exceptuando a plataforma de degraus, em virtude da destruição do adro causada por inundação; 1968 - reconstrução do adro e recolocação do Cruzeiro.

Observações

Autor e Data

Paula Noé 1991 / Lina Marques 2001

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login