Ascensor do Lavra

IPA.00003040
Portugal, Lisboa, Lisboa, Arroios
 
Arquitectura de transportes. Ascensor urbano
Número IPA Antigo: PT031106450365
 
Registo visualizado 1040 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Transportes  Ascensor    

Descrição

Ascensor constituído por 2 carros, ligados por um cabo subterrâneo, que sobem e descem alternada e simultaneamente em 2 vias paralelas de carris de ferro assentes ao nível do chão. Cabina compartimentada internamente em 3 zonas, designadamente os extremos, menores e idênticos, correspondentes às áreas de condução e pelos quais se acede ao interior, e o espaço central, ocupado por 2 bancos, um de cada lado, dispostos longitudinalmente. Perfaz um percurso entre o Largo da Anunciada (extremo E.) e a Tv. do Forno do Torel, através da Calçada do Lavra, destacando-se todavia um conjunto , contíguos ao trajecto realizado. No terminal a E., com acesso ao exterior, identifica-se pequeno átrio, de onde derivam 2 lanços de escada dispostos em V, pelos quais se acede às plataformas dos elevadores. É revestido por lambril azulejar padronado de produção industrial, e apresenta escadaria e plataformas de acesso aos elevadores, delimitadas por guarda em ferro forjado.

Acessos

Calçada do Lavra. WGS84 (graus decimais) lat.: 38,728653, long.: -9,140202

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto n.º 5/2002, DR, 1ª série-B, n.º 42 de 19 fevereiro 2002 *1

Enquadramento

Urbano, destacado, implantado em via de pendente acentuada comuma inclinação da ordem dos 22,9%. O percurso do ascensor efectua-se numa zona urbana maioritariamente ocupada por prédios do século 18, merecendo ainda menção um conjunto de prédios de rendimento do início do séc. 20 (Calçada do Lavra, n.º 13 - 17 *2)

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ascensor

Utilização Actual

Transportes: ascensor

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ENGENHEIRO: Raoul Mesnier de Ponsard (1884).

Cronologia

1882 - concessão da autorização municipal à Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa para a construção de um elevador na Calçada do Lavra, ligando o Largo da Anunciada e a Travessa do Forno do Torel; 1884 - construção do elevador pelo engenheiro Raoul Mesnier de Ponsard; inauguração do elevador, após vistoria camarária presidida pelo Engenheiro Ressano Garcia; 1885 - começa a funcionar, a título experimental, um sistema a vapor no ascensor do Lavra, tentando averiguar-se a partir dessa data qual o combustível mais conveniente, a água ou o carvão; 1897 - fractura do cabo que ligava os 2 carros, provoca incidente do qual resulta a inutilização dos carros e de grande parte da linha; 1898 - funcionavam no elevador do Lavra 2 caldeiras, sendo uma de origem alemã (fabricada pela Maschinnenfabrick Essling) e a outra de origem suiça (construída por Theodor Bell & Co.); 1912 - a Nova Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa assina com a Câmara Municipal de Lisboa um contrato de concessão que lhe permitia a electrificação de todas as suas linhas; 1914 - 1915 - obras de electrificação do ascensor do Lavra; 1915 - após a electrificação, o ascensor retoma o serviço; 1926 - por dissolução da Nova Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa, o ascensor passa a ser propriedade da Companhia Carris; 2006, finais - interrupção do funcionamento do elevador por perigo de derrocado de um prédio situado na calçada; 2007, Fevereiro - retoma do funcionamento do elevador.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Alvenaria mista, reboco pintado, cantaria de calcário, estuque, ferro forjado

Bibliografia

ALMEIDA, Pedro Vieira de, FERNANDES, José Manuel - «A Arquitectura Moderna», História da Arte em Portugal. Lisboa, 1986, vol. 14; CAPITÃO, Maria Amélia Motta - Subsídios para a História dos Transportes Terrestres em Lisboa no Século XIX. Lisboa: 1974; «Elevador do Lavra regressou ao trabalho». Destak. Lisboa: 05 Março 2007; FERNANDES, José Manuel - A Arquitectura do Princípio do Século em Lisboa (1900 - 1925). Lisboa: 1991; LAGRANGE, José - O Livro da Carris. Lisboa: 1993; PEDREIRINHO, José Manuel - Dicionário de arquitectos activos em Portugal do Séc. I à atualidade. Porto: Edições Afrontamento, 1994.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IGESPAR: IPPAR, Pº Nº 95/3 (13)

Intervenção Realizada

Observações

*1- DOF: Ascensor do Lavra e meio urbano que o envolve com entrada pelo gaveto entre a Calçada do Lavra (todos os números pares e ímpares do 1 ao 11) e a Rua de Câmara Pestana, 43 e 45. *2 - do construtor J. Costa Rita (1914).

Autor e Data

Teresa Vale e Maria Ferreira 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login